header top bar

section content

Secretária de saúde de Cubati fala da primeira semana da campanha de vacinação contra Influenza

"Concluímos a vacinação em duas UBSs e seguiremos com a intensificação dos trabalhos, pois é de extrema importância que possamos atingir o maior número de pessoas do público alvo", disse Elaine.

Por Luiz Adriano

19/04/2021 às 18h21 • atualizado em 19/04/2021 às 18h22

Campanha de vacinação contra Influenza em Cubati. (Foto: divulgação).

A secretária de saúde de Cubati, na região do Seridó paraibano, Elaine Cristina, comentou sobre a primeira semana de vacinação da gripe e explicou alguns pontos importantes para que a população se atente a imunização. “Os agendamentos estão sendo feitos em cada Unidade Básica de Saúde, através do ACS (Agente Comunitário de Saúde) de cada área, objetivando evitar as aglomerações. Nesta primeira semana concluímos a vacinação em duas UBSs e seguiremos com a intensificação dos trabalhos, pois é de extrema importância que possamos atingir o maior número de pessoas do público alvo, pedimos inclusive que aqueles que se enquadram e ainda não agendaram, que procurem o ACS responsável pela área de sua localidade,” ressaltou Elaine.

Conforme a secretária, a vacinação ocorre paralelamente à imunização contra a Covid-19, e esta 1ª fase será realizada até o dia 10 de Maio.

VEJA TAMBÉM

Ex-prefeito Dudu Dantas comemora anúncio feito por João Azevêdo de obra que liga Cubati a Sossêgo

Campanha de vacinação contra Influenza em Cubati. (Foto: divulgação).

A campanha de vacinação contra o vírus Influenza da gripe em grupos prioritários, no município de Cubati, iniciou na última segunda-feira (12). Nesta etapa estão sendo imunizados, bebês a crianças de 6 anos incompletos, profissionais da saúde, gestantes e puérperas.

PORTAL DIÁRIO

COVID-19

VÍDEO: Secretário executivo de saúde mostra preocupação com aumento de pessoas internadas na Paraíba

VIOLÊNCIA

VÍDEO: Mãe se desespera ao ver corpo do filho que foi assassinado a tiros em Sousa

SITUAÇÃO COMPLICADA

VÍDEO: Quase 300 pessoas podem ficar desempregadas em Cajazeiras, após decreto de Zé Aldemir, afirmam empresários

FALTA DE EDUCAÇÃO

VÍDEO: Padre de Cajazeiras diz que número de mortes na pandemia é resultado da ‘deseducação’ das pessoas

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!