header top bar

section content

Advogado insinua que PSOL de Cajazeiras segue Carlos e compara gestões da situação ao ‘rombo’ da Petrobras

Ele declarou que a cidade regride nos aspectos mais importantes, saúde e educação e perde para cidades pequeninas como Bom Jesus e Carrapateiras. "

Por

17/08/2015 às 17h35

Adjamilton declarou que a imprensa está dando mais espaço a Gildemar do que a Gobira

O radialista e advogado Adjamilton Pereira (PMDB) destacou nesta segunda-feira (17), que o grupo da oposição vai seguir unido para 2016 e novos acordos políticos podem ser firmados para uma chapa forte. “Queremos Zé Aldemir como candidato a prefeito não por não termos opções no grupo, mas porque política se faz com alianças”.

De acordo com o peemedebista, o deputado se assumiu como oposição nesse final de semana e agora vai trabalhar construção do nome para sair como vice-prefeito de Cajazeiras. “Ninguém vai atropelar o processo. Vamos ouvir todas as lideranças”.

Ele destacou também que a oposição recebeu o líder comunitário da Serra da Arara, que é ex-sub-prefeito, Ninha e sairá candidato a vereador pela localidade, podendo se filiar ao PMDB.

Leia mais:

?Adjamilton admite conversas com Zé Aldemir e diz que Carlos Antônio levou “coice” de Ricardo Coutinho

?Gobira responde a radialista, descarta candidatura a vice, faz duras críticas a prefeita e dispara: ‘Vai ser pau’

?Zé Aldemir posa para foto com vereadores da oposição de Cajazeiras e tem nova conversa com Gobira

PSOL
Sobre possíveis alianças com o sapateiro Antonio Gobira, o radialista revelou que o grupo está dando a grande importância que o filiado do PSOL tem neste processo, porém, está enfrentando dificuldades com o presidente do partido, o professor Gildemar Pontes e disparou: “Tem hora que ele fica atuando como ponta de lança de Carlos Antonio” 

Adjamilton declarou que a imprensa está dando mais espaço presidente do PSOL do que ao próprio pré- candidato, que é o sapateiro Gobira. “Ele está se sentindo o dono da bola”

Leão
Quanto ao ex-deputado Vituriano de Abreu (PMDB), ele disse que não é problema para o processo político, mas ressaltou que deve participar ativamente do processo de escolha dos candidatos. “Teremos um projeto maior para o bem de Cajazeiras”.

Críticas
Adjamilton Pereira criticou o grupo a prefeita Denise Albuquerque (PSB), que disse estar há mais de 10 anos no poder enquanto nada se fez pela cidade e citou os números do Ideb, aonde segundo ele, perde para as pequeninas cidades de Bom Jesus e Carrapateira. “A cidade que ensinou a Paraíba a ler com dados que regridem”.

Ele lembrou ainda do fechamento da clínica Santa Helena, na área da saúde e assegurou que a prefeita se prendeu a pequenas obras do Governo Federal. 

O radialista não poupou as críticas e declarou que se a prefeita quiser comparar os governos do seu grupo com o governo da oposição, que foi divido em dois por motivo atípico (Léo e Rafael), terá que comparar suas gestões com o ‘rombo’ da Petrobras, a operação Lava Jato. “Se for para comparar o que é ruim, os desmantelos que fizeram na cidade de Cajazeiras aí talvez seja preciso fazer um comparativo com a Lava Jato”.

Ouça áudio da Rádio Arapuan FM!

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:

VÍDEO: Psicologia no Ar recebe diretores e psicóloga de organização que promove cidadania em Cajazeiras

NOVIDADES

Xeque-Mate visita lançamento do novo plano da Eletrosorte, que firmou parceria com gigante dos seguros

FUTEBOL DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Dirigentes e ex-jogadores relembram histórias marcantes do Duque de Caxias, que completou 50 anos

VÍDEO: Programa de rádio que é sucesso na região de Campina fecha parceria com emissora de Cajazeiras