header top bar

section content

Santarém está entre as 9 cidades da PB com a folha de contabilidade 100% compatível

Em reunião realizada nesse segunda-feira (11), o TCE-PB (Tribunal de Contas da Paraíba) decidiu bloquear as contas bancárias de 48 Prefeituras e 11 Câmaras de Vereadores no Estado [veja]. Com relação ao município de Santarém, a história foi diferente e o Tribunal aceitou 100% compatíveis as informações apresentadas na folha de contabilidade do município. Essa […]

Por

14/01/2010 às 07h40

Em reunião realizada nesse segunda-feira (11), o TCE-PB (Tribunal de Contas da Paraíba) decidiu bloquear as contas bancárias de 48 Prefeituras e 11 Câmaras de Vereadores no Estado [veja].

Com relação ao município de Santarém, a história foi diferente e o Tribunal aceitou 100% compatíveis as informações apresentadas na folha de contabilidade do município.

Essa informação comprova que o governo municipal de Santarém, apesar da situação que encontrou o município no início de 2009, está conseguindo equilíbrio fiscal e financeiro e levar ao TCE uma prestação de contas transparente.

A prefeita, Lucrécia Adriana, recebeu a notícia com alegria e destacou o esforço de toda equipe de seu governo para tornar a máquina administrativa dentro das normais exigidas pela Lei de Responsabilidade Fiscal.

Dos 9 municípios que tiveram aprovação de 100% de compatibilidade, apenas Santarém e Poço José de Moura e Vieirópolis estão localizados na região de Uiraúna, os outros seis pertencem a outras regiões do Estado.

Da Redação do Diário do Sertão
Com Assessoria

Tags:
OS CIRENEUS DO CAMINHO

VÍDEO: Programa Mensagem de Esperança reflete sobre imunização espiritual e como lidar com adversários

'MENSAGEM DE FÉ'

VÍDEO: Padre apresenta programa especial na TV sobre a tradicional Festa de Dom Bosco em Cajazeiras

'OPINIÃO DO CIDADÃO'

VÍDEO: Em Cajazeiras, presidente da OAB-PB diz ser contra posse de arma: “Índices de mortes aumentam”

PROPRIEDADES EMBARGADAS

VÍDEO: Impedidos de plantar, agricultores de Cajazeiras acusam IBAMA de excessos na aplicação de multas