header top bar

section content

Prefeitura de São José de Piranhas inicia pagamento do 13º salário dia 31

Para Domingos, é um compromisso da sua administração priorizar os servidores municipais, com salários em dia e com pagamento do 13º, que é uma direito constitucional.

Por

29/12/2009 às 10h14

O prefeito de São José de Piranhas, Domingos Neto (PMDB), anunciou para a próxima quinta-feira(31), o inicio do pagamento referente ao 13º salário dos servidores da administração municipal.

Para Domingos, é um compromisso da sua administração priorizar os servidores municipais, com salários em dia e com pagamento do 13º, que é uma direito constitucional.

A atual administração recebeu uma herança deixada pela administração passada de atraso de pagamentos dos servidores municipais, dos transportes escolares e de fornecedores, e com muito empenho e organização tudo está sendo resolvido, “ é motivo de alegria para nossa administração, chegar o fim do ano com todos os servidores rigorosamente em dia, mesmo com toda a crise que os municípios passaram.” Frisou Domingos Neto.

O Município de São José de Piranhas sobrevive quase que exclusivamente das receitas do FPM e ICMS, não tendo arrecadação própria suficiente para contribuir com as ações administrativas do governo.

Comemorações
Para comemorar a passagem de ano antecipada, a prefeitura e o governo do estado estarão realizando em praça pública na noite de hoje, um show com a Banda Mauricinhos do Forró, oportunidade em que a população piranhense receberá a reforma da praça de alimentação, que foi reformada pela administração municipal.

JOSELITO FEITOSA
Da Redação do Dário do Sertão

Tags:
FUTEBOL

VÍDEO: Diário Esportivo traz resumo da 2ª rodada do Paraibano e detalhes da nova contratação do Atlético

COM CHICO CARDOSO

VÍDEO: ‘Briga’ entre Zé Aldemir e Airton, e Tyrone com os Gadelhas são os destaques do Direto ao Ponto

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Advogadas tiram dúvidas sobre Previdência Social e criticam atendimento no INSS de Cajazeiras

DIRETO AO PONTO

VÍDEO: Júnior e Jeová começam a ganhar cargos em Cajazeiras e “sinal vermelho foi ligado”, diz colunista