header top bar

section content

Professor alerta para os problemas causados pelo excesso de flúor nos poços

Em recente pesquisa realizada pela UFCG, Campus de Cajazeiras, com apoio da CNPQ- Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico ficou comprovado que grande parte dos poços artesianos da região de São João do Rio do Peixe apresenta alto índice de flúor, que pode vir causar problemas dentários e de circulação. Para tanto, um projeto […]

Por

17/12/2009 às 23h32

Em recente pesquisa realizada pela UFCG, Campus de Cajazeiras, com apoio da CNPQ- Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico ficou comprovado que grande parte dos poços artesianos da região de São João do Rio do Peixe apresenta alto índice de flúor, que pode vir causar problemas dentários e de circulação. Para tanto, um projeto de pesquisa foi desenvolvido com fins de diminuir o excesso deste composto químico, nas águas que são consumidas por aquela população.

Objetivos do Projeto
Segundo o bioquímico Fábio de Freitas, o objetivo do projeto é de consolidar uma parceria com a FUNASA, para colocar filtros a fim de retirar o excesso de flúor e melhorar a qualidade da água. Ele também adiantou que a empresa AMBIOS vem cooperando tecnicamente no treinamento e implantação dos filtros que purificarão as águas consumidas pela população da região de São João do Rio do Peixe, e que para isso a equipe de pesquisa e a prefeitura se reunirão com o intuito de melhorar a qualidade da água.

Previsão
“A data para colocação dos filtros de purificação ainda não foi definida, visto que a previsão de aquisição dos mesmos só acontece no início do próximo ano e estima-se que em março estejam sendo implantados os primeiros na Vila do Brejo, próximo à Estância Termal Brejo das Freiras”, afirmou o professor Fábio.

Importância dos filtros
O bioquímico Fábio ressaltou que os filtros minimizarão e controlarão a quantidade de flúor nas águas, mas que os testes continuam sendo feitos para melhorar a qualidade do líquido precioso daquela região: “È importante que as mães da região de São do Rio do Peixe, estejam atentas para perceber os sintomas do excesso de flúor na dentição de seus filhos, como a fluorose (manchas nos dentes)”, alertou.

RAQUEL ALEXANDRE
Da redação do Diário do Sertão

Tags:
DEPENOU O GALO

VEJA OS GOLS: Atlético de Cajazeiras vence o Treze de Campina e assume a liderança isolada do Paraibano

NA TELA DA TV DIÁRIO

Diário Esportivo traz tudo sobre a 2ª rodada do Paraibano; Tático narra gol da vitória do Atlético

SE CUIDE!

VÍDEO: No Janeiro Branco, Diversidade em Foco promove uma ‘Conversa sobre suicídio e como evitá-lo?’

RECONHECIMENTO

Prefeito de Sousa garante ajuda mensal ao médico cubano: “Eu irei ajudá-lo em todos os momentos”