header top bar

section content

Esgotos de São José de Piranhas poderão contaminar açude que abastece 03 cidades

A população de São José de Piranhas é de aproximadamente de 10 mil habitantes na área urbana e há décadas vem lançando os detritos no rio, fato que vem preocupando ambientalista

Por

17/12/2009 às 10h30

src=http://radarsertanejo.com/Gerenciador/fotos/1piranhas.jpgA população de Cajazeiras, Sousa e Marizópolis poderá em pouco tempo consumir água contaminada. O problema é que toda a rede de esgotos que sai da cidade de São José de Piranhas é lançada no Rio Piranhas, principal afluente de ligação entre o Rio e o açude de Boqueirão.

A população de São José de Piranhas é de aproximadamente de 10 mil habitantes na área urbana e há décadas vem lançando os detritos no rio, fato que vem preocupando ambientalista da região do alto e baixo piranhas.

Toda rede de esgoto da cidade de São José de Piranhas é lançada nos riachos: Dona Dom e barraginha, vetor direto de ligação ao Rio Piranhas, que direciona todos os detritos, entre eles, esgotos hospitalares, comerciais e residenciais ao açude de Boqueirão.

Outro fato que preocupa muito, aproximadamente 85 % dos vasos sanitários são ligados diretamente na rede esgoto. Com a suspensão da época chuvosa, o volume de dejetos produzido na cidade de São José de Piranhas, segue pelo riacho da Barraginha, e atualmente já atinge as água do açude de Boqueirão, mesmo durante a seca. No período chuvoso, tanto riacho Dona Dom dom como o da Barraginha, lançam os detritos dos esgotos juntamente com suas águas direto ao Rio Piranhas, que em correnteza atinge as água do açude de Boqueirão.

Só para lembrar, o açude de Boqueirão está localizado no município de Cajazeiras, onde fica a sua parede, mas a maior parte da represa dele fica no município de São José de Piranhas. Este açude abastece os municípios de Cajazeiras, Marizópolis e Sousa, além dos distritos adjacentes. A contaminação desse açude prejudicará mais de 190 mil habitantes.

Entenda

Atualmente, o açude deve ter um pequeno índice de contaminação, mas com o passar do tempo, poderá ser totalmente contaminado, fato que atualmente é ignorado pelos nossos representantes políticos. Com o passar dos anos, a população piranhense aumenta e a produção de detritos também. Vale ressaltar, que as populações das cidades de Sousa, Cajazeiras, Marizópolis e os distritos adjacentes, estão consumindo água tratada pela Cagepa, sem muito risco de contaminação. Quanto aos ribeirinhas e pessoas que retiram a água direto do açude para consumir, não se tem maior certeza de estarem bebendo a água pura.

O colunista Francisco Inácio de lima Pita já publicou nos sites: www.radarsetanejo.com e www.diariodosertao.com.br, três artigos alertando as autoridades, já enviou e-mail para vários representantes políticos da região sertaneja, mas ainda não obteve nenhuma resposta.

Francisco Inácio (Pita)
Especial para o Diário do Sertão e Radar Sertanejo

Tags:

Recomendado para você pelo google

EVANGÉLICO DE OPOSIÇÃO

VÍDEO: Pastor de Cajazeiras diz que Bolsonaro está destruindo o país e não levou facada: “Foi uma farsa”

EM SOUSA

Radialista revela que “vítima da mão pesada e dos chutes do prefeito Tyrone” disputará eleições em 2020

VÍDEO

Comandante do Corpo de Bombeiros aponta possíveis causas do incêndio no lixão de Cajazeiras

SAÚDE

VÍDEO: Programa Xeque Mate fala sobre a saúde de Cajazeiras e recebe popular e diretoras do HUJB e HRC