header top bar

section content

Prefeitura de Cajazeiras rescinde contrato com o Banco Real e abre licitação

A decisão foi tomada pelo prefeito Leo Abreu, por meio do decreto 029/2009, publicado no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (11).

Por

11/08/2009 às 15h00

A prefeitura de Cajazeiras rescindiu contrato com o Banco Real, que era responsável pelo pagamento da folha de pessoal e pelo recebimento de tributos municipais, firmado entre as partes em 2006 e com vencimento pré-estabelecido no contrato, até 2011.

O valor do contrato foi de R$1.253.501,00 (hum milhão, duzentos e cinqüenta e três mil, quinhentos e um reais).

A decisão foi tomada pelo prefeito Leo Abreu, por meio do decreto 029/2009, publicado no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (11).

A rescisão do contrato foi motivada pelo fato do Banco Real não atender um pedido de empréstimo por consignação, proposto pelo Sindicato dos Funcionários Públicos do município de Cajazeiras(SINFUC).

Segundo o prefeito Leo Abreu, o contrato com o banco previa a obrigação de efetuar empréstimos consignados para servidores municipais. A Prefeitura de Cajazeiras busca pagar os salários dos servidores públicos municipais referentes aos meses de novembro e dezembro de 2008, deixadas em atraso.

“O não atendimento ao pleito gerou situação vexatória e constrangedora aos funcionários públicos e para a administração municipal”, afirmou o prefeito de Cajazeiras. Dentro de 30 dias, a prefeitura realizará licitação para escolha de um novo banco

Da Redação do Diário do Sertão

Tags:
DEPENOU O GALO

VEJA OS GOLS: Atlético de Cajazeiras vence o Treze de Campina e assume a liderança isolada do Paraibano

NA TELA DA TV DIÁRIO

Diário Esportivo traz tudo sobre a 2ª rodada do Paraibano; Tático narra gol da vitória do Atlético

SE CUIDE!

VÍDEO: No Janeiro Branco, Diversidade em Foco promove uma ‘Conversa sobre suicídio e como evitá-lo?’

RECONHECIMENTO

Prefeito de Sousa garante ajuda mensal ao médico cubano: “Eu irei ajudá-lo em todos os momentos”