header top bar

section content

Prazo para retirada dos barracos terminou hoje

Terminou neste sábado(01), o prazo estipulado pela Justiça para que a Prefeitura de Cajazeiras retire os barracos de ruas e avenidas. A última etapa do acordo firmado entre o Ministério Público e a Prefeitura Municipal, devidamente homologado por sentença judicial encerrou-se nesta sexta-feira(31). A partir do momento, caso seja comprovado que o município descumpriu com […]

Por

01/08/2009 às 09h21

Terminou neste sábado(01), o prazo estipulado pela Justiça para que a Prefeitura de Cajazeiras retire os barracos de ruas e avenidas. A última etapa do acordo firmado entre o Ministério Público e a Prefeitura Municipal, devidamente homologado por sentença judicial encerrou-se nesta sexta-feira(31). A partir do momento, caso seja comprovado que o município descumpriu com a determinação judicial, a multa é de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) por dia.

A prefeitura retomou a retirada dos barracos desde a última quarta-feira(28), obedecendo a determinação judicial.
Foram retirados os barracos localizados na praça das Oiticicas, praça Coração de Jesus, praça do Espinho, além de outros setores da cidade.
A Prefeitura já foi multada anteriormente em cerca de R$ 600 mil e como forma de compensação pela multa aplicada, a Justiça determinou a administração municipal a construção de uma praça no largo ao lado da sede do MP, sendo estipulado um prazo de 01 ano para conclusão da obra.

Até o momento, a Prefeitura não organizou uma área definitiva para colocação dos barracos que foram removidos, fala-se na construção de um espaço, as margens do Açude Grande.

JOSELITO FEITOSA
Da Redação do Diário do Sertão

Tags:

Recomendado para você pelo google

EXCLUSIVO

Presidente reafirma proibição de arma na assembleia, fala da Operação Calvário e cortes de gabinetes

VÍDEO

Governador João Azevêdo fala sobre o afastamento político com Ricardo Coutinho e mudanças no Governo

TRAGÉDIA

VÍDEO E FOTOS: Delegado dá detalhes do grave acidente próximo a parque de vaquejada em Cajazeiras

ESPERANÇA

VÍDEO: Presidente da OAB declara que luta pela permanência da Vara do Trabalho de Cajazeiras não acabou