header top bar

section content

Deputado quer incluir Paraíba na Transnordestina, Cajazeiras fará parte da rota

A exploração do petróleo na Bacia do Rio do Peixe, a descoberta de minério de ferro na região de Cajazeiras e a transposição do Rio São Francisco, são elementos suficientes para o investimento.

Por

31/07/2009 às 17h00

O deputado João Henrique (DEM) apresentou requerimento na Assembleia Legislativa solicitando que seja formulado apelo a Companhia Ferroviária do Nordeste (CFN) e ao ministro dos Transpores, Alfredo Nascimento, no sentido de incluir a Paraíba no projeto da nova Transnordestina. 

Em um dos requerimentos de João Henrique que foi feito em julho de 2008, quando, através da AL, encaminhou apelo aos dois órgãos solicitando a contemplação do Estado com a ferrovia. Este ano, mais precisamente no dia 19 de maio, o deputado refez as solicitações, só que desta vez os requerimentos foram estendidos a todos os deputados que compõem a bancada federal da Paraíba, aos quais pede que intercedam junto ao ministro Alfredo do Nascimento e ao presidente da CFN. 

Surpreendentemente, o presidente Luis Inácio Lula da Silva (PT) comunga com a proposta de João Henrique. Lula disse na última terça-feira, 28, ao desembarcar em Campina Grande, para inaugurar o Campus do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFET) de Campina Grande, defender que a Transnordestina seja estendida a Paraíba, atendendo a todos os estados do nordeste. 

O presidente destacou a importância da obra para economia e para o turismo local e aconselhou aos políticos paraibanos, o que já está sendo feito por João Henrique, a incluir o projeto de extensão da obra para a Paraíba no PAC 2011, que será lançado por ele no próximo ano.
“Depois que tiver pronta a rodovia, o turista paulista vai deixar de ir para Miami para pegar seu carro e conhecer todo o Nordeste”, afirmou.

Ferrovia
A Nova Transnordestina vai permitir o escoamento da produção agrícola do sul do Piauí e do oeste da Bahia. Com 1.860 quilômetros de extensão, a ferrovia começará no município de Eliseu Martins, no Piauí. De lá, seguirá pelo interior pernambucano até a cidade de Salgueiro, onde bifurca em dois ramais. Um deles segue em direção ao porto de Suape, em Pernambuco. Outro vai até o porto de Pecém, no Ceará, passando pela cidade de Milagres. 

Segundo o deputado, a extensão da Transnordestina para a Paraíba, será a certeza do desenvolvimento regional. 

Para o deputado José Aldemir, há vários motivos que fortalecem que a ferrovia Transnordestina seja estendida para a Paraíba. O parlamentar afirma que a exploração do petróleo na Bacia do Rio do Peixe, a descoberta de minério de ferro na região de Cajazeiras, a transposição do Rio São Francisco, são elementos suficientes para que este investimento possa chegar ao estado, agregando potencialidades, a desenvolvimento regional. 

Toda a obra envolve investimentos de R$ 4,5 bilhões, dos quais R$ 3,95 bilhões vêm de financiamentos do governo federal. O projeto original da Transnordestina foi iniciado em 1990 e paralisado no final de 1992, segundo o Ministério dos Transportes, tendo sido retomado, em 2004. A Paraíba não é contemplada pelo projeto inicial.

Da Redação do Diário do Sertão
Com informações WSCOM

Tags:
DEPENOU O GALO

VEJA OS GOLS: Atlético de Cajazeiras vence o Treze de Campina e assume a liderança isolada do Paraibano

NA TELA DA TV DIÁRIO

Diário Esportivo traz tudo sobre a 2ª rodada do Paraibano; Tático narra gol da vitória do Atlético

SE CUIDE!

VÍDEO: No Janeiro Branco, Diversidade em Foco promove uma ‘Conversa sobre suicídio e como evitá-lo?’

RECONHECIMENTO

Prefeito de Sousa garante ajuda mensal ao médico cubano: “Eu irei ajudá-lo em todos os momentos”