header top bar

section content

Professores da rede municipal de ensino de Cajazeiras paralisam atividades

Os servidores públicos municipais de Cajazeiras estão trabalhando 45 dias para receber 30, afirmou um dos professores que lideram o movimento grevista.

Por

15/07/2009 às 20h53

Após nota encaminhada ao Ministério Público pelo Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Cajazeiras, denunciando o atraso do pagamento dos servidores da Prefeitura , os professores efetivos decidiram paralisar suas atividades, alegando atraso dos pagamentos.

Segundo os professores,os recursos para pagamento dos salários, são oriundos do governo federal, e religiosamente são depositados todos os meses na conta da prefeitura, não havendo portanto, motivos para atraso no pagamento dos vencimentos.

Os servidores públicos municipais de Cajazeiras estão trabalhando 45 dias para receber 30, afirmou um dos professores que lideram o movimento grevista.

O prefeito em exercício, Carlos Rafael, afirmou que se torna praticamente impossível pagar a todos os funcionários dentro do mês trabalhado, haja vista a crise econômica por que passam os municípios, e Cajazeiras não se dá o luxo de ficar excluído deste momento de decadência financeira, vivido pelo país.

Da Redação do Diário do Sertão

Tags:

Recomendado para você pelo google

VÍDEO

Secretário de João Azevêdo defende aproximação de Dra Paula e Zé Aldemir ao Governo estadual

BRIGA NO CARNAVAL

VÍDEO: Autoridades policiais revelam que suspeitos do crime na Vila Nova em Cajazeiras alegaram vingança

SAÚDE

VÍDEO: Mensagem Empresarial recebe médico radiologista e tira dúvidas sobre os exames por imagem

CRISE NO PSB

VÍDEO: Nonato Bandeira evita dar resposta a Ricardo por determinação de João Azevêdo: “Estamos focado no trabalho”