header top bar

section content

Rádio Oeste realiza pela primeira vez um debate sobre os festejos juninos

As discussões trilharam na perspectiva da avaliação da nova estrutura montada pela administração municipal para a edição 2009 do Xamegão de Cajazeiras, que já faz parte do calendário de eventos.

Por

23/06/2009 às 17h00

A chegada da dupla Joselito Feitosa e Petson Santos, aliados a ótima equipe de profissionais já existentes, parece ter dado um novo ânimo a Rádio Oeste da Paraíba. O programa Jornal da Manhã, levado ao ar de segunda a sexta, das 06h00 às 09h00, comando pelo dois radialistas, promoveu na manhã desta terça-feira (23), véspera de são joão, o primeiro debate da história da radiofonia cajazeirense sobre o Xamegão. Varias autoridades do mundo sócio-politico-cultural, seguimentos diversos da impressa, além de artistas da terra, participaram do debate.

Os debates, que foram acompanhados de um " rega bofe", fornecido pelo empresário Esuélio Moraes, proprietário do Gravatá Flet Hotel, trilharam na perspectiva da avaliação da nova estrutura montada pela administração municipal para a edição 2009 do Xamegão de Cajazeiras, que já é uma festa tradicional no calendário turistico da Paraíba, como também no levantamento de propostas para as proximas festas juninas.

Os convidados
Participaram do debate, o comandante do 6º BPM, coronel Vilson Dutra, empresário Esuélio Moraes, radialista Gutemberg Cardoso,  radialista Adjamilton Pereira, secretária de Saúde Raelza Borges, Jornalista Hermes de Luna, Secretário de Comunicação do município José Anchieta, Cristiano Moura, diretor do Teatro Junior Terra, Poetas Chico Xavier e Zé Monte, empresários Arlan Rodrigues e José Nello Zerinho, empresário Armando da Via Med, Maria de Abel, representante dos barraqueiros, dentre varias outras autoridades.

As discussões
Alguns pontos foram debatidos pelos participantes, a exemplo do local, onde hoje é realizado a festa. Para o jornalista e advogado Gutemberg Cardoso, apresentador do Correio Debate, a Praça Dom Adauto já não comporta mais a grandiosidade do evento, sendo o poder público obrigado a criar uma praça de eventos fora do perimetro urbano, pelo menos inicialmente, proporcionando assim, uma perspesctiva de crescimento e de possibilidades de inovações, com a criação de ilhas alternativas e praça de alimentação profissionalizada, que possa disponibilizar aos turistas e aos forrozeiros, a oportunidade de desfrutar da culinária regional e típica da época.

Para o radialista Adjamilton Pereira, o crescimento do Xamegão suscita do poder público, a conquista deste espaço profissionalizado, mais que para isso, os políticos da região precisão participar ainda mais com a liberação de recursos para a concretização deste sonho. Pereira também afirmou que, se faz necessário a valorização dos artista locais, com a colocação de um palco alternativo, onde estes artistas poderão se apresentar no período entre às 19h00 e às 22h00.

Várias sugestões foram colocadas pelos participantes durante todo o debate e um relatório será apresentado a comissão organizadora do Xamegão, como também ao prefeito Léo Abreu para que possam ser aproveitadas nas próximas edições da festa.

A sua Sugestão
O Diário do Sertão abre aqui este espaço popular para que os cajazeirenses e visitantes possam também deixar as suas sugestões e propostas para melhoria desta festa, que cresce a cada ano, tornando a cidade de Cajazeiras, um destino turistico neste período junino. Deixe aqui a sua sugestão e sinta-se também um idealizador dos novos eventos juninos na "terra que ensinou a Paraíba a ler" e agora quer também ensinar a Paraíba a fazer eventos.

Da Redação do Diário do Sertão

Tags:

Recomendado para você pelo google

PROTESTO

VÍDEO: populares vão às ruas para protestar contra a reforma da Previdência na cidade de Patos

VEJA VÍDEO

Padre de Cajazeiras revela curiosidades sobre o santo casamenteiro: “Faz milagre a pessoa encalhada”

SAÚDE

Dieta milagrosa? Médico diz que a compulsão e afetividade pela comida são perigosas para o emagrecimento

VÍDEO

Mototaxista reclama de multa cobrada na Zona Azul da cidade de Cajazeiras; “Está errado”