header top bar

string(13) "diario-sertao"

section content

Cajazeiras realiza semana de eventos para a cultura negra. Câmara vai fazer sessão em ‘terreiro’

Programação conta com diversas oficinas de dança, música, estética e outros temas preparados por uma equipe de professores da cidade de Salvador-BA

Por

16/11/2015 às 16h59

Do dia 16 até o dia 20 de novembro a Prefeitura de Cajazeiras, através da Secretaria de Políticas Públicas e Gerência Municipal de Promoção da Igualdade Racial, estará promovendo a Semana da Consciência Negra de Cajazeiras, com o tema “Fazeres Negros: Pensar, Lutar, Resistir, Respeitar e Celebrar”.

A programação conta com diversas oficinas de dança, música, estética, entre outros temas preparados por uma equipe de professores, a maioria da cidade de Salvador-BA. Além disso, haverá uma sessão especial da Câmara de Vereadores que acontece nesta terça-feira (17) na casa Illê Axé Runtó Rumboci do Pai Jackson.

Edna Caboclinho, uma das organizadoras da semana, afirma que o movimento de consciência negra de Cajazeiras está atuante e mais preocupado em mostrar a riqueza da cultura afro. Mas uma das prioridades políticas do movimento, segundo ela, é a formação do Conselho Municipal da Igualdade Racial.

“O movimento de consciência negra de Cajazeiras existe, então a gente não tem mais que estar perdendo tempo dizendo ‘eu não quero ser discriminado’. A gente tem é que fazer o que a gente sabe fazer de melhor, e um dos pontos que a gente vai tocar é a formação do conselho para que esses movimentos comecem a andar melhor”, declarou.

Clique aqui e confira a programação completa da semana

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
HERANÇA ARTÍSTICA

VÍDEO: Filho de grande nome da música brasileira agita a Festa do Brega no Cajazeiras Tênis Clube

EM JOÃO PESSOA

VÍDEO E FOTOS: Posse da nova diretoria da API é marcada por repentes, lançamento de livro e emoção

DUPLA CERIMÔNIA

VÍDEO: OAB lança em Cajazeiras as chapas para as eleições da Seccional Paraíba e da Subseção local

EX-ALIADO

VÍDEO: Vereador revela que defender professores foi a ‘bomba’ que iniciou rompimento com José Aldemir