header top bar

section content

Secretária de Educação Genelusa Dias faz uma avaliação do ano de 2009

Genelusa Dias afirmou que o prefeito Léo Abreu entrou com uma liminar no TJ por entender que havia jurisprudência, ou seja, a questão político partidária ainda está muito presente no estado

Por

21/12/2009 às 21h35

A secretária de educação do município de Cajazeiras, Genelusa Dias afirmou à nossa reportagem que com relação às eleições para diretores das escolas municipais, o prefeito Léo Abreu entrou com uma liminar no Tribunal de Justiça de João Pessoa, que suspendeu temporariamente este pleito por entender que havia jurisprudência, ou seja, a questão político partidária ainda está muito presente no estado, e de acordo com ela já havia quatro ou cinco cidades que já teriam conseguido este feito na justiça: “O prefeito Léo Abreu não deixou que a questão político-partidária interferisse na educação, pois quem organizou as equipes para trabalharem nas escolas fui eu e meus auxiliares, e em momento algum ele interviu nestas escolhas, e é por isso que hoje chegamos a um resultado tão significativo em apenas um ano de administração”, acrescentou a auxiliar do prefeito.

Matrículas Abertas
Genelusa declarou sobre a importância da educação inclusiva para as crianças com necessidades especiais, com todo um aparato de apoio que a secretaria oferece a esses alunos, ressaltando também que até quarta-feira desta semana, as escolas estarão abertas para a realização da 1ª etapa das matrículas: “Entraremos em recesso até o dia 04 de janeiro, no qual todas as escolas estarão abertas para a 2ª etapa de matrículas, tanto para os alunos veteranos, como para os novatos”, esclareceu a secretária de educação.

Dificuldades x Conquistas
A auxiliar do prefeito fez um balanço do seu primeiro ano frente à secretaria, destacando que o primeiro ano da administração do prefeito Léo Abreu foi de muitas dificuldades e muito trabalho, mas também de muitas conquistas, pois segundo ela, quando se faz uma mudança de um governo para outro, entende-se que vai haver uma ruptura com relação à mudança de equipe que inova-se em todos os setores, além dos diversos problemas deixados pela gestão anterior.

Crescimento
“Os primeiros desafios encontrados pela nossa administração foram as matrículas, pois sabemos que as nossas escolas vivem em função da qualidade e do número de alunos, pois o número de discentes matriculados foram caindo ano após ano, (entre 2005 e 2008), então buscamos uma solução para este problema que foi a intensa mobilização da comunidade a fim de aumentar a porcentagem de alunos matriculados”, enfatizou Genelusa Dias.

RAQUEL ALEXANDRE
Da redação do Diário do Sertão

Tags:
RECONHECIMENTO

Prefeito de Sousa garante ajuda mensal ao médico cubano: “Eu irei ajudá-lo em todos os momentos”

"MERECIA MAIS"

VÍDEO: Comentarista critica falta de prestígio de Sousa com o Governo do Estado nas nomeações de cargos

ANTIGO E NOVO

VÍDEO: Secretário e prefeito exibem projeto do novo Museu de Cajazeiras feito por arquiteta cajazeirense

COBRANÇAS INDEVIDAS

VÍDEO: Problemas com empréstimo consignado? Advogado dá orientações para que você não seja negativado