header top bar

string(13) "diario-sertao"

section content

Câmara Municipal aprova novo concurso em Cajazeiras, vereadores da oposição se recusam a votar. Confira aqui

Os projetos foram votados e aprovados mesmo sem a presença da oposição. Mais vagas foram abertas e um processo seletivo

Por

02/09/2015 às 17h30

A realização de um novo concurso público gerou uma polêmica na Câmara Municipal de Cajazeiras na sessão dessa terça-feira (01). Os vereadores da oposição se recusaram a participar da votação e se retiraram do plenário.

Os projetos que foram votados e aprovados mesmo sem a presença da oposição, tratavam-se de uma ampliação de vagas do concurso ainda em vigência e um pedido de autorização para processo seletivo para contratação de servidores em serviços em essenciais, enquanto o concurso não for realizado.

Veja os cargos: Exclusivo: Confira quadro de vagas para o novo concurso da prefeitura de Cajazeiras

Os vereadores da oposição argumentaram de que um dos projetos não estava assinado pela prefeita de Cajazeiras, Denise Albuquerque (PSB) e alegaram que o documento não havia sido protocolado na Secretaria da Câmara. 

Segundo o vereador Jucinério Félix (PROS) o projeto pedindo ampliação de vagas no concurso anterior não estava assinado pela prefeita Denise. Por outro lado, o vereador Marcos Barros (PSB) que presidiu a sessão explicou que, apenas uma das vias não estava assinada, e a cópia dada ao vereador estava sem a assinatura.

A oposição questionou o número de vagas para o cargo de médicos, haja vista a Secretaria de Saúde afirma que, o maior problema do município é a falta desses profissionais. “Temos 22 postos e apenas 14 médicos. Ainda assim, o concurso só pediu oferece vagas para três médicos”, questionou Jucinério.

O vereador informou ainda que, existem 18 professores B1 que entraram na justiça, pois, foram classificados no último concurso e ainda não foram convocados. Mesmo assim, o novo concurso abre vagas para mais 10 professores B1.

O vereador Lindemberg Lira (PTB) reclamou o fato da oposição pedir concursos e depois se recusarem a votar os projetos. “Vocês pedem concurso e quando ele vem, não votam. Isso é vergonhoso”.

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
BLACK FIADO

VÍDEO: Conheça a versão mais popular da Black Friday que agita o comércio de Cajazeiras durante 30 dias

DESTAQUES DA SEMANA

VÍDEO: Repercussão da entrevista de José Aldemir encabeça as polêmicas do Direto ao Ponto desta terça

PROGRAMA DE MÚSICA

VÍDEO: Confira as novidades que vêm aí na nova temporada do Acústico Diário com cantor cajazeirense

VÍDEO

Secretário responde a sindicato e diz que acusações contra prefeito de Cajazeiras podem parar na Justiça