header top bar

section content

Musa fitness tem fotos roubados por site pornô: “virei mercadoria, minha vida ficou arruinada”

As imagens dela ilustravam e anunciavam conteúdo adulto, proibido para menores.

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

18/08/2016 às 13h06 • atualizado em 18/08/2016 às 08h17

A mulher afirmou estar vivendo um pesadelo (Foto: Reprodução /Instagram)

Tudo ia muito tranquilo na vida da fisiculturista de 18 anos. Também modelo, ganha a vida fazendo ensaios para revistas e campanhas publicitárias. Um dia, tudo virou de cabeça para baixo.

Ela descobriu que as fotos dela estavam sendo utilizadas em um site pornô.

As imagens dela ilustravam e anunciavam conteúdo adulto, proibido para menores.

Ela tenta reverter a situação, mas revela, desconsolada: “Minha vida ficou arruinada”.

Tem medo agora de perder patrocinadores e de não ser chamada para participar de ensaios para revistas. Ela tem 8 mil seguidores no Instagram, mas é nova na rede social. Mostra nas redes sociais seus dia a dia na academia. E exibe o belo corpo e o rosto de gata.

Depois do episódio do roubo de suas fotos (ela não conseguiu descobrir quem ou qual entidade começou a usa suas fotos). Ela disse que nunca se sentiu tão mal na vida. — Parecia que eu tinha virado uma mercadoria.

— Eu me senti muito mal depois que descobri essas fotos. É como se você não fosse mais dona do seu corpo.

— Isso é tão horrível. Eu quero tirar isso da minha cabeça.

Mesmo com toda essa exposição, a jovem disse que vai continuar postando as fotos no Instagram sem medo de que continuem pegando.

— Eu não tenho medo de ter as fotos do meu corpo espalhadas pela internet. Eu não quero esconder o meu corpo.

— No site, eu fui classificada com o uma atriz pornô.

No site em questão, que não foi identificado, os usuários trocavam fotos das mulheres com quem eles tiveram relações sexuais.

— Eu não quero ter esse rótulo. Não quero que os meus futuros clientes, como patrocinadores, ou qualquer outra pessoa, achem que, em algum momento da minha vida, eu trabalhei com isso.

Hora 7

YOUTUBER DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Léo Abreu revela em quais profissões podemos encontrar psicopatas

ESPERANÇA NA POLÍTICA!

VÍDEO: Pastor evangélico fala sobre Bolsonaro: “Ele incorporou o que a sociedade acredita: a família”

ASSISTA!

Arquitetura, urbanismo e direitos humanos marcaram último episódio da temporada do Coisas de Cajazeiras

VÍDEO

Comemorando o dia dos Direitos Humanos, professor fala sobre os avanços da data no Diversidade em Foco