header top bar

section content

Pai coloca fogo em filha de 3 anos porque ela era “bonita demais”

O autor do crime teria passado o dia fumando maconha e bebendo. A menina teve 13% do corpo queimado.

Por Priscila Belmont

21/03/2017 às 09h09

Edward John Herbert, ao ser questionado o motivo do crime, disse que achava a menina “bonita demais”.

A Justiça de Doubleview, Austrália, começou o julgamento de um caso bárbaro que ocorreu na cidade. Um pai jogou gasolina e ateou fogo na própria filha de 3 anos após um ataque de raiva. No tribunal, Edward John Herbert, ao ser questionado o motivo do crime, disse que achava a menina “bonita demais”.

Segundo informações da Corte, Edward teria passado o dia fumando maconha e bebendo. Ao chegar em casa, ele começou a perseguir a esposa com uma faca sem motivo aparente. Enquanto corria atrás dela pela casa, como conta a rede de TV ABC, ele dizia que iria explodir a casa. A mulher tentava acalmá-lo, mas Edward a continuava ameaçando.

Logo em seguida, ele viu a menina de 3 anos. De acordo com a polícia, ele jogou a gasolina e, depois, ateou fogo. Segundo o depoimento dele no tribunal, assim que percebeu o que fez, cobriu a menina com um cobertor para extinguir as chamas.

A mãe percebeu o que o marido fez e o atacou com um extintor. Depois, correu para o hospital com a menina, que teve 13% do corpo queimado e várias marcas permanentes na pele. Por conta da gravidade do caso, o julgamento deve continuar ainda esta semana.

Metrópoles

DEPENOU O GALO

VEJA OS GOLS: Atlético de Cajazeiras vence o Treze de Campina e assume a liderança isolada do Paraibano

NA TELA DA TV DIÁRIO

Diário Esportivo traz tudo sobre a 2ª rodada do Paraibano; Tático narra gol da vitória do Atlético

SE CUIDE!

VÍDEO: No Janeiro Branco, Diversidade em Foco promove uma ‘Conversa sobre suicídio e como evitá-lo?’

RECONHECIMENTO

Prefeito de Sousa garante ajuda mensal ao médico cubano: “Eu irei ajudá-lo em todos os momentos”