header top bar

section content

Em março, edição especial do Interatos traz atrações gratuitas para mulheres

A primeira atividade acontece na sexta-feira (2), às 18h30, no Espaço Cultural

Por Luzia de Sousa

28/02/2018 às 14h31 • atualizado em 28/02/2018 às 14h36

Evento cultural para mulheres

A Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc) realiza, de 2 a 4 de março, mais uma edição do projeto Interatos – mostra e formação permanente de teatro, dança e circo. A programação é dedicada ao Mês da Mulher, com espetáculos e oficina. A primeira atividade acontece na sexta-feira (2), às 18h30, no Espaço Cultural, em João Pessoa. Trata-se da oficina Autoficções e Outros Estilhaçamentos – processos compositivos em dança, com Isaura Tupiniquim (BA).

No sábado (3), às 20h, no Teatro Santa Roza, a artista baiana apresenta o espetáculo ISTC – Isaura Suélen Tupiniquim Cruz. Como parte das comemorações de março, as mulheres têm gratuidade nos espetáculos de dança e circo.

Para fechar a programação do mês, no domingo (4), às 17h, será apresentado o espetáculo Violetas da Aurora (PE). A apresentação acontece no Teatro Santa Roza e conta com elenco formado por Dona Pequena (Ana Nogueira), Uruba (Fabiana Pirro), Maroca (Mayra Waquim) e Sema Rosa Madalena (Silvia Góes).

Parceria com a PBGás – A Companhia Paraibana de Gás (PBGás), junto com a Brastex e a Fundação Espaço Cultural da Paraíba são parceiras na realização do projeto Interatos, colocando a cidade de João Pessoa no roteiro das principais produções de teatro, dança e circo do país.

Este ano, foi assinado contrato de patrocínio entre a PBGás e a Funesc para a realização do projeto Interatos, que promove atividades permanentes entre os meses de março a dezembro, sempre no primeiro fim de semana do mês, com espetáculos cênicos do Brasil e da Paraíba.

Dentro do projeto Interatos serão desenvolvidos, ao longo do ano, atividades de formação e espetáculos de teatro, circo e dança patrocinado pelo Boticário e a PBGás, por meio de incentivo da Lei Rouanet, do Ministério da Cultura. O evento conta, ainda, com apoio da Rádio Tabajara, Hotel Ambassador e tem parceria com o Grupo Lavoura de Teatro.

Patrocínio de O Boticário
O patrocínio de O Boticário é resultado de um edital nacional da empresa. O Interatos teve projeto aprovado no ‘O Boticário na Dança’, um programa de patrocínios a projetos culturais voltado exclusivamente para a área da dança.

‘O Boticário na Dança’ é estruturado com a finalidade de contribuir para a preservação, a valorização e o acesso à dança e às suas diversas manifestações; fortalecer a produção cultural de grupos, criadores e artistas; e estimular a formação de público e talentos para a área.

Os apoios são direcionados a festivais, mostras, espetáculos, manutenção de companhias, circulação, produção de vídeos, livros e periódicos, sites, cursos, workshops, oficinas, palestras, fóruns, exposição fotográfica e exibição de vídeos e filmes.

Interatos
O Interatos promove mensalmente apresentações e atividades formativas (oficinas, cursos, debates, rodas de conversa, seminários) com artistas paraibanos, nacionais e internacionais.

Sob gerência de Ângela Navarro, o setor de Dança tem programação regular nos equipamentos da Fundação Espaço Cultural José Lins do Rego (Funesc), complexo cultural com uma das maiores áreas construídas na América Latina, lugar central e seguro que possui entre seus equipamentos uma escola de dança, com cerca de 500 alunos. Já a parte de Teatro tem coordenação de Suzy Lopes e mantém um curso anual de formação, além de oficinas e montagens teatrais. A gerência de circo tem à frente Diocélio Barbosa e conta com a Escola Livre de Circo Djalma Buranhêm, onde são realizados cursos de formação regulares e atividades lúdico-educativas para crianças e bebês.

Oficina
Autoficções e Outros Estilhaçamentos – processos compositivos em dança – O objetivo da oficina é compartilhar modos de compor em dança a partir da experiência de criação do solo “Isaura Suélen Tupiniquim Cruz” no projeto “Como ser guru de si mesma?”. Tendo o nome próprio como estímulo para criação de autoficções sobre si, a oficina estimula os participantes a experimentarem o nome como materialidade para possíveis coreodramaturgias, como uma cartografia coletiva, vertigem de uma complexidade cultural, criando para si corporalidades e situações que friccionem camadas multiétnicas, estilhaçando aquilo que é supostamente próprio para dar brecha ao comum, a nossa abundância de rastros. Um encontro com a multiplicidade de cada pessoa, em cada nome. Classificação etária: Maiores de 16 anos. Limite de vagas: 20 pessoas. Inscrições gratuitas pelo e-mail: dancafunesc@gmail.com.

Espetáculo ISTC
Um desfile de muitos eus. Um show de autoficções. Uma dança de outros, outras, doutros, doutras num corpo. Ritual de passagens de morte e de vida. Ela, elas, ele, eles nela se multiplicam pela fome de se tornar em tudo, em nada, o início, o fim e o meio. “Isaura Suélen Tupiniquim Cruz” é uma dança/show/desfile/ritual que parte do desejo de fazer do próprio nome uma dramaturgia de possíveis variações para além de si, de investir nas contradições de um nome prenhe de muitos brasis.

Violetas da Aurora
O Encontro é um espetáculo circense que reúne números curtos, com cerca de quinze (15) minutos (cada) das palhaças Dona Pequena (Ana Nogueira), Uruba (Fabiana Pirro), Maroca (Mayra Waquim) e Sema Rosa Madalena (Sílvia Góes). Ao seu modo, cada uma apresenta o que de melhor sabe fazer no picadeiro a partir de uma lógica pessoal e intransferível. O resultado é um mosaico de personalidades que compõem o vasto universo da lógica feminina na palhaçaria. É um espetáculo plural, mas que traz a singularidade de cada figura, e principalmente, a ideia de que ao fazer sorrir a palhaça também faz refletir. A Paisagem Sonora do espetáculo é assinada pelo músico, e também palhaço, Johann Brehmer.

Interatos edição de março – Mês da Mulher

02/03, às 18h30
Local: Sala 4, Mezanino 2, Espaço Cultural José Lins do Rego

Oficina: Autoficções e Outros Estilhaçamentos – processos compositivos em dança, com Isaura Tupiniquim (BA)

Inscrições gratuitas pelo e-mail: dancafunesc@gmail.com

03/03, às 20h
Local: Theatro Santa Roza

Espetáculo: ISTC – Isaura Suélen Tupiniquim Cruz (BA), de Isaura Tupiniquim e Leonardo França

Entrada: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia entrada)*

* Mulheres têm entrada gratuita

04/03, às 17h
Local: Theatro Santa Roza

Espetáculo: Violetas da Aurora (PE)

Com: Dona Pequena (Ana Nogueira), Uruba (Fabiana Pirro), Maroca (Mayra Waquim) e Sema Rosa Madalena (Silvia Góes)

Entrada: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia entrada)*

* Mulheres têm entrada gratuita

Assessoria

Tags:
ASSISTA!

Arquitetura, urbanismo e direitos humanos marcaram último episódio da temporada do Coisas de Cajazeiras

VÍDEO

Comemorando o dia dos Direitos Humanos, professor fala sobre os avanços da data no Diversidade em Foco

SERTÃO PRESTIGIADO

VÍDEO: Com cajazeirense na vice-presidência, OAB-PB empossa os eleitos para comandar a instituição

ÁGUA

VÍDEO: Prefeito de Santa Helena inaugura barragem na comunidade São Bento e açude já acumula água