header top bar

section content

CANTA MUITO! Eduarda Brasil é a campeã do The Voice Kids. Assista aqui!

astante emocionada com sua vitória, a cantora deixou sua mensagem de agradecimento a Paraíba e ao Brasil por toda votação recebida

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

08/04/2018 às 15h46 • atualizado em 08/04/2018 às 16h19

Eduarda Brasil, é a grande campeã da terceira temporada do “The Voice Kids”. A garota de São José de Piranhas, na região de Cajazeiras, no Sertão da Paraíba, disputou a emocionante Final do reality neste domingo (08) com mais três grandes vozes: a paraibana Mariah Yohana, Neto Junqueira e Talita Cipriano. Ela foi eleita a nova voz kids do país com 40.51% dos votos do público.

Bastante emocionada com sua vitória, a cantora deixou sua mensagem de agradecimento a Paraíba e ao Brasil por toda votação recebida: “Muito obrigada minha cidade São José de Piranhas, minha Cajazeiras, meu nordeste, meu Brasil”, disse.

Como de costume, Eduarda explodiu nosso fofurômetro em suas apresentações na grande Final, com seu talento e doçura!

Com um vozeirão de arrepiar, a sertaneja que nasceu em Cajazeiras, na Paraiba, chegou ao The Voice Kids para mostrar toda a riqueza da música nordestina. A adolescente, hoje com 15 anos, começou a cantar aos 5, influenciada pelo pai e pela tia, que tocam forró. Aos 12, decidiu se apresentar com a família, mesma época em que venceu seu primeiro festival. No reality, teve todas as cadeiras viradas e escolheu o time das coleguinhas Simone & Simaria.

Veja os vídeos abaixo:


SHOW DIÁRIO

Recomendado para você pelo google

EM CAJAZEIRAS

VÍDEO: Ciro diz que Ricardo ‘prejudicou-se na sucessão’, mas elogia Azevêdo: “Seria uma honra no PDT”

PREOCUPADO

VÍDEO: Na Semana dos Pobres, bispo de Cajazeiras diz que “pobreza se avoluma cada vez mais nas cidades”

A OBRA PAROU?

Ex-vereador denuncia que terminal rodoviário de Sousa está abandonado: “Prefeito Tyrone não está nem aí”

PROJETO DE LEI

VÍDEO: Comentarista diz que críticas ao leilão de imóveis da Prefeitura de Cajazeiras é ‘politicagem’