header top bar

section content

EITA: Estudo comprova o ditado: uma vez infiel, (quase) sempre infiel

Pelo menos foi essa a conclusão da Universidade de Denver

Por GQ

27/04/2018 às 08h39

Infidelidade (Foto: reprodução)

A infidelidade é um dos maiores dilemas morais da sociedade moderna. E, segundo crenças populares, alguém que trai uma vez deve trair de novo – e a Universidade de Denver decidiu testar a hipótese.

Eles conduziram um estudo, publicado no Archives of Sexual Behavior, que incluiu 484 pessoas (68% de mulheres e 32% de homens) para responderem perguntas sobre pelo menos duas relações amorosas. De todos os participantes, 44% afirmaram terem transado com alguém fora da relação durante o estudo. Adicionalmente, 30% reportaram descobrir a infidelidade de um parceiro.

Os pesquisadores descobriram que quem havia traído no primeiro relacionamento tinha três vezes mais chances de ter traído no segundo do que as pessoas que não haviam traído. Já as pessoas que receberam a traição tinham duas vezes mais chances de cometer infidelidade na relação seguinte.

Fonte: https://gq.globo.com/Prazeres/Relacionamento/noticia/2017/08/estudo-comprova-o-ditado-uma-vez-infiel-quase-sempre-infiel.html

VÍDEO: Programa de rádio que é sucesso na região de Campina fecha parceria com emissora de Cajazeiras

SHOW AO VIVO

VÍDEO: Banda da cidade de Baixio, no Ceará, agita o programa Balanço Diário com sucessos do forró

PROGRAMA PSICOLOGIA NO AR

VÍDEO: Professora e alunos falam sobre a importância da campanha Setembro Amarelo para prevenir suicídio

SETEMBRO AMARELO

VÍDEO: Médico psiquiatra e padre de Cajazeiras debatem sobre causas, efeitos e prevenção ao suicídio