header top bar

section content

VÍDEO: Em Cajazeiras, cantor de renome nacional critica sertanejo universitário: “Virou uma baderna”

Marciano Mendes fez parte da segunda formação da lendária dupla João Mineiro & Marciano de 1997 até 2005, substiuindo o primeiro Marciano

Por Jocivan Pinheiro

21/02/2019 às 14h05 • atualizado em 21/02/2019 às 16h40

O cantor sertanejo Marciano Mendes esteve em Cajazeiras e participou do programa Acústico Diário, da TV Diário do Sertão, onde cantou sucessos, recordou histórias da sua carreira e opinou sobre assuntos polêmicos.

Para quem não sabe, Marciano Mendes fez parte da segunda formação da dupla João Mineiro & Marciano de 1997 a 2005, substiuindo o primeiro Marciano.

Entre os assuntos polêmicos, o cantor não economizou críticas ao sertanejo universitário, que ele classificou como ‘música descartável’ e ‘baderna’.

“Tem muita gente nessa onda de sertanejo universitário, mas essa música não é sertanejo, é um outro estilo que eles criaram. São músicas totalmente descartáveis. Eles constroem música comercial, músicas para serem tocadas durante noventa dias no máximo”, disse.

“Hoje em dia nossa música virou uma baderna (…). A gente tem que fazer música elogiando a mulher, falando bem da mulher. Mas hoje em dia eles denigrem a mulher, e a mulher está lá curtindo o pancadão”, completa.

VER MAISFesta retrô com banda dos anos 90 resgata carnaval com blocos tradicionais de Cajazeiras

João Mineiro & Marciano Mendes

Marciano Mendes, que nasceu em Rio Verde-GO, foi um dos componentes da banda Os Dominantes, da qual Leandro – da dupla Leandro & Leonardo – era vocalista. Ele diz que atualmente a prática de pagar emissoras de rádio e tv para elas tocarem os artistas é ainda mais frequente e financeiramente forte.

“Eles pegaram carona na música sertaneja raiz, colocaram esse nome sertanejo universitário e estão aí. São pessoas que pegaram grandes empresários, enfiam essas músicas de goela abaixo nas rádios, pagam as rádios para tocar, pagam programas de rede nacional e fazem isso acontecer”.

Durante muitos anos, Marciano foi músico de bailes e depois convidado a participar da dupla João Mineiro & Marciano em sua segunda formação. Fez shows em todo o Brasil e também em vários países da Europa. Residiu em Bruxelas, na Bélgica, e tualmente vive em Palmas-TO.

SHOW DIÁRIO

Recomendado para você pelo google

ELITISMO?

VÍDEO: Escolas federais têm segurança, mas as outras são ‘destratadas’, afirma diretor em Cajazeiras

FUTEBOL

VÍDEO: Diário Esportivo fala sobre o Festival de Prêmios do Atlético e do clássico contra o Sousa

MASSACRE DE SUZANO

VÍDEO: Psicóloga fala sobre jogos eletrônicos e ausência da família influenciando tragédias com jovens

O CAMINHO

VÍDEO: Em Pombal, Frei Gilson declara que a Igreja Católica precisa pregar um catolicismo praticante