header top bar

section content

Promotor de Cajazeiras fala de religião e se diz a favor do trabalho infantil; “Deve trabalhar”

Ele contou que trabalhou quando criança e disse ser contra o menor não trabalhar.

Por

19/11/2014 às 16h36

O promotor de Justiça da cidade de Cajazeiras, Alexandre Irineu foi o entrevistado do Interview

O Interview da TV Diário do Sertão desta terça-feira (18) entrevistou o presbítero e promotor de Justiça da cidade de Cajazeiras, Alexandre Irineu.

Natural de São José de Piranhas, ele disse ser de origem humilde, mas ao entrar na escola já tinha a determinação de ser promotor de Justiça.

O presbítero revelou que é de família tradicional católica, mas durante o período da faculdade se afastou de Deus. “Depois Deus me deu oportunidade de conhecer Jesus”.

O sertanejo revelou que na função de promotor está lá para aplicar a lei. Já como presbítero tenta mostrar o erro a pessoa através da palavra de Deus.

Ele contou que trabalhou quando criança e disse ser contra o menor não trabalhar. “A criança tem que trabalhar. Claro que não no pesado”

Alexandre disse que pensou em fazer engenharia, mas depois optou por história, entretanto, fez o primeiro vestibular para Direito. “Percebi que o Ministério Público é um órgão essencial a Justiça”.

Veja vídeo!

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
PRATICIDADE NA FISCALIZAÇÃO

VÍDEO: TCE-PB inaugura espaço digital público para ideias tecnológicas de controle dos atos públicos

GRUPOS SE ENFRENTAM NA 1ª FASE

VÍDEO: Dirigentes do Sertão comentam sorteio do Paraibano 2019. Atlético enfrentará o ‘grupo da morte’

ASSISTA!

Imagens de câmeras de segurança mostram assalto a comerciante em frente a banco na cidade de Patos

LAMENTÁVEL

Por causa de dívida de drogas do filho, Sertaneja é morta a tiros dentro de casa no Distrito Federal