header top bar

section content

DEU ÁGUIA: Karatê de Monte Horebe conquista 15 medalhas e leva o ouro em disputa do Campeonato Paraibano

A equipe que leva o nome de "Águias Shoto-Kan", comandada pelo professor Rogério Sousa conta com aproximadamente 400 alunos.

Por Luzia de Sousa

16/10/2017 às 16h47 • atualizado em 16/10/2017 às 18h16

Monte Horebe participa de Campeonato Paraibano (Foto assessoria)

O curso de Karatê do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, da Secretaria de Ação Social do município de Monte Horebe, Sertão do estado conquistou 15 medalhas no Campeonato Paraibano. A equipe que leva o nome de “Águias Shoto-Kan”, comandada pelo professor Rogério Sousa conta com 60 alunos. O serviço conta aproximadamente 400 alunos.

As disputada ocorreram nesse domingo (15), na cidade de Bernadino Batista, e contou com a participação de mais oito academias. Monte Horebe conquistou o 1º lugar do pódio.

Esse esporte tem apoio da prefeitura municipal, e os participantes já receberam materiais como: Saco de pancada, coletes de proteção, aparador de socos e um tatame, para melhor desenvolvimento das atividades. A secretária Claudiana Alves está se esforçando para fazer doações de kimonos originais aos praticantes do karatê.

O prefeito Marcos Eron (PMDB) não medi esforços no apoio e incentivo a atletas do município, em especial aos alunos do Serviço de Conveniência.

Classificação Geral
Individual Feminino Kata
1º Lugar – Mikaely Britto
2º Lugar – Ailinha Cavalcanti WS
3º Lugar – Thainá Gonçalves

Kata por Equipe
Ouro – Mikaely Britto , Thainá Gonçalves , Keyanne

Luta – (kumitê)
1º Lugar – Mikaely Britto
2º Lugar – Thainá Gonçalves
3º Lugar – Keyanne

Luta – (kumitê) – Adulto Feminino
3° Lugar – Ailinha Cavalcanti WS

Luta – (kumitê) – Adulto Masculino
3° Lugar – Lucas Nascimento

Individual Masculino Kata Categoria Adulta
1º Lugar – Erickson Richard
3º Lugar – Lucas Nascimento

Individual Masculino Kata Juvenil
3º Lugar – Elton Jhon
Arbitragem – Rogério Sousa

A História do Karatê
O Karate desenvolvido no reino de Ryukyu foi trazida para o continente japonês no início do século 20, durante um momento de intercâmbio cultural entre os japoneses e os chineses. Ele foi sistematicamente ensinado no Japão após a era Taisho. Em 1922, o Ministério da Educação japonês convidou Gichin Funakoshi a Tokyo para dar uma demonstração de karatê. Em 1924 a universidade de Keio estabeleceu o primeiro clube do karatê da universidade no Japão e em 1932, as universidades japonesas principais tiveram clubes do karaté. Nesta era de crescente militarismo japonês o nome foi mudado de (“mão chinesa”) para (“mãos vazias”) – ambos os quais são pronunciadas karate – para indicar que os japoneses desejaram desenvolver a fórmula de combate no estilo japonês.

.

DIÁRIO ESPORTIVO com assessoria

Recomendado para você pelo google

ESPECIAL DE PÁSCOA

VÍDEO: TVDS exibe programa ‘Mensagem de Fé com Frei João Batista’ em especial de Semana Santa

FÉ E DEVOÇÃO

Sexta-feira Santa em Cajazeiras é marcada por várias celebrações religiosas e grande número de fiéis

SAÚDE

VÍDEO: Xeque Mate fala sobre a obesidade e médica endocrinologista tira dúvidas sobre a doença; Veja!

SEMANA SANTA PARA OS EVANGÉLICOS

VÍDEO: Pastor fala sobre significado da Páscoa para os protestantes: “É o sacrifício e a libertação”