header top bar

section content

“Odeio o Brasil e quero que a torcida se f…”, diz rival de brasileiro no UFC

Em entrevista exclusiva ao Torcedores.com, o atleta disparou contra a torcida brasileira após ser questionado se sabia o significado do “uh, vai morrer”.

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

28/10/2017 às 18h00 • atualizado em 28/10/2017 às 14h23

Colby Covington (Foto: Matheus Adami/Torcedores.com)

A cena é padrão em todas as edições do UFC que aconteceu no Brasil. O lutador que não é brasileiro sempre ouve da torcida o coro de “uh, vai morrer”. A maioria dos atletas, é verdade, não se importa com o canto das arquibancadas. Mas o norte-americano Colby Covington, que enfrentará o paulista Demian Maia neste sábado (28) no coevento principal do UFC São Paulo, não está entre esses atletas.

Em entrevista exclusiva ao Torcedores.com, o atleta disparou contra a torcida brasileira após ser questionado se sabia o significado do “uh, vai morrer”.

“Sim, eu sei o que significa e acho um absurdo. Que essas pessoas são animais. Odeio o Brasil, Brasil é um saco e quero que eles se f… no sábado à noite”, disse o americano de 29 anos.

Com 12 vitórias e apenas uma derrota no cartel, Covington chega a São Paulo com quatro vitórias seguidas na organização, resultados que o deixaram na sétima posição no ranking da categoria dos meio-médios (até 77kg) do UFC. Demian Maia, ex-desafiante ao cinturão, é o número 3.

E o americano não tem medo de encarar o brasileiro, especialista na luta de chão, no terreno “favorito” do rival. Ao contrário. “Quero desafiar a mim mesmo e finalizá-lo. Se eu vencê-lo, acredito que estarei perto do title shot. Sou uma cara nova, sangue novo na divisão”, afirmou.

O UFC São Paulo acontece na noite deste sábado (28) no ginásio do Ibirapuera. O card preliminar começa às 21h. Já o card principal tem início previsto para 0h de domingo (29).

Torcedores

Tags:

Recomendado para você pelo google

VÍDEO

Professora cajazeirense que milita em Sousa fala de desafios, manda recado e chora ao relembrar do filho

FOI ABANDONADA

VÍDEO: Mototaxista recupera moto que foi roubada em Cajazeiras e dá detalhes de como o crime aconteceu

AÇÃO NA JUSTIÇA

VÍDEO: Prefeita de Joca Claudino diz que está trabalhando para resolver situação de salários atrasados

DIA DOS PROFESSORES

VÍDEO: Professora de Patos relata prazeres e desafios da profissão: “Sou professora com muito orgulho´”