header top bar

section content

Depois de superar números de Senna, Hamilton vai atrás de Schumacher

O inglês nunca escondeu que seu objetivo na carreira era ao menos igualar os números do ídolo Ayrton Senna

Por Priscila Belmont

20/11/2017 às 10h32

© Getty Images

Engana-se quem pensa que Lewis Hamilton está mais relaxado depois da conquista do quarto título mundial por antecipação. O inglês nunca escondeu que seu objetivo na carreira era ao menos igualar os números do ídolo Ayrton Senna. Mas agora que o piloto já tem mais títulos, vitórias e poles positions que o brasileiro, chegou a hora de partir para outro objetivo: os números de Michael Schumacher.

“Desde quando eu era criança, meu sonho era conseguir fazer o que Ayrton fez, então ter chegado a isso já é um grande feito para mim por si só. Então pensar que já tenho quatro títulos e que tenho tantos anos pela frente naturalmente, eu sempre quero vencer”, explicou o piloto de 32 anos.

“Embora eu nunca tenha tido o sonho de superar o Michael, acho que é hora de fechar um capítulo e pensar em como eu quero escrever o futuro.”

A tarefa não é nada fácil: ainda que, em número de poles positions, Hamilton já seja o maior recordista da história, os números de Schumacher seguem sendo impressionantes: em 307 GPs, o alemão venceu 91 e foi ao pódio em 155 oportunidades. Já Hamilton tem, em 207 corridas, 62 vitórias e 116 pódios na carreira.

Uma boa chance de Hamilton somar mais conquistar é a partir das 11h deste domingo (de Brasília), horário da largada para o GP de Abu Dhabi. E o inglês garante que vai para cima. “Sim, o campeonato acabou, mas não posso relaxar e deixar outro piloto ficar com a glória”, garantiu Hamilton.

“Quero continuar somando poles positions, pódios, vitórias. Ainda estou perseguindo Michael. Então ainda falta muito.”

Notícias ao Minuto

Recomendado para você pelo google

É GRAVE

VÍDEO! Moradores reclamam da falta de exames no laboratório municipal em Patos: “Não tem nem de sangue”

'QUEDA DE BRAÇO'

VÍDEO: Vice-presidente da OAB Nacional afirma que disputa entre advogados e juízes não gera ‘fissuras’

OUTUBRO ROSA

VÍDEO: Cajazeirense relata sua luta contra o câncer de mama e deixa mensagem de otimismo para mulheres

CRÍTICAS A BOLSONARO

VÍDEO: Professora cita problemas na UFCG e alerta para ‘desmonte criminoso das universidades públicas’