header top bar

section content

Estreia do Naça: só quatro jogadores no banco, derrota e críticas à arbitragem

Com apenas quatro jogadores à disposição no banco de reservas, o Canário do Sertão perdeu o clássico sertanejo com o Atlético-PB. Os demais jogadores ainda não foram regularizados no BID

Por Priscila Belmont

09/01/2018 às 09h47

(Foto: Divulgação / Atlético-PB)

O Nacional de Patos estreou com problemas no Campeonato Paraibano. Na derrota para o Atlético de Cajazeiras, no último domingo, no Perpetão, o Canário do Sertão teve apenas quatro jogadores no banco de reservas. Além disso, dos apenas 15 atletas relacionados para a partida, cinco são da base e três deles sequer haviam treinado com o time principal. Resultado: derrota por 1 a 0.

A diretoria nacionalina não conseguiu regularizar vários de seus jogadores a tempo para a estreia. E entre os quatro jogadores relacionados como suplentes, três são das categorias de base do time e nem chegaram a jogar com o elenco principal. Apesar da derrota para o Atlético de Cajazeiras, o treinador do Canário do Sertão não atribuiu o resultado negativo à ausência dos jogadores do elenco principal.

– Eu acho que o resultado não foi tão desprezível. É claro que ninguém gosta de perder e comigo não seria diferente – enfatizou Marcos Nascimento.

O Nacional de Patos começou a partida com Pantera, Toninho, Leandro Marlon, Eduardo Sousa e Júnior Lira; Vitor Caicó, Jerson, Wallace e Ruan; Lúcio Curió e Manu. No banco de reservas, estavam Gefferson, Rodrigo, Mercinho e Messias. O clube tem até a próxima sexta-feira para regularizar os demais jogadores junto à CBF e poder contar com todo o elenco no próximo confronto do próximo domingo, contra o Treze. O Canário recebe o Galo às 17h no Estádio José Cavalcanti, pela segunda rodada do estadual.

Marcos Nascimento ainda reclamou do lance de gol do Atlético de Cajazeiras. Alegando impedimento, o técnico criticou a atuação do assistente 1 de arbitragem, Tomaz Diniz.

– O árbitro (Emanuel Diniz) foi muito bem. Mas a atuação do assistente Tomaz Diniz… Na minha opinião, ele foi muito mal no lance. Foi nítida a impressão de que o gol do Atlético foi irregular. Porém, não tira os méritos da equipe do Atlético, que soube fazer juz ao mando de campo.

Com a derrota, o Naça está provisoriamente na lanterna do Grupo A, ainda sem pontos e com saldo de -1 pelo gol sofrido. O líder do grupo é o Botafogo-PB, que venceu o Serrano-PB por 2 a 1. O Sousa aparece em segundo lugar, com 1 ponto pelo empate com o CSP. O Campinense, que também compõe o grupo, estreia no Campeonato Paraibano de 2018 apenas nesta terça-feira.

Globo Esporte PB

Recomendado para você pelo google

ESTELIONATO

VÍDEO: Após dois golpes em banco de Cajazeiras, advogado mostra como vítimas devem buscar seus direitos

FIQUE POR DENTRO

Radialista sousense fala das condenações de ex-prefeitos e visita da PF na casa de empresário no Sertão

6ª EDIÇÃO DO EVENTO

VÍDEO: Mesa Redonda da Faculdade Santa Maria discute direitos e diversidade humana; veja como participar

VÍDEO

Chico Mendes diz que pode dividir palanque com Cleide e dispara: “Tô pronto para disputar com Paula”