header top bar

section content

Ex-mulher de Giba entra com recurso para levar o ex-atleta à prisão

A defesa de Cristina Pirv tenta derrubar a liminar que suspendeu a detenção do campeão de vôlei

Por Notícias ao Minuto

21/02/2018 às 10h28

Cristina Pirv, ex-mulher de Giba

Os advogados de Cristina Pirv, ex-mulher de Giba, entrou com um recurso na Justiça para tentar derrubar a liminar que suspendeu a prisão do campeão olímpico de vôlei por falta de pagamento da pensão dos filhos do ex-casal.

A prisão de Giba foi decretada no dia 9 de fevereiro. Entretanto, o ex-atleta obteve uma liminar, na última sexta-feira (16), que acabou suspendendo o pedido de detenção.

Rodrigo Reis, advogado de Pirv, afirmou que a Justiça tem de se manifestar sobre o recurso num prazo de cinco. “Caso a decisão não seja favorável, vamos recorrer ao STJ”, afirmou.

Cristiano Pirc diz que Giba deve dez meses de pensão. O valor, no entanto, não foi divulgado.

No último sábado (17), o ex-atleta divulgou um comunicado no Instagram no qual nega a expedição do mandado de prisão.

NOTA OFICIAL:

Sobre as recentes notícias envolvendo meu nome, tenho alguns esclarecimentos: – O mandado de prisão sequer chegou a ser expedido, tendo o Tribunal em poucas horas derrubado a decisão, em um reconhecimento inequívoco de que jamais houve qualquer razão para a prisão. – Pago de pensão , mensalmente, um valor mais do que justo e suficiente para que meus filhos, Nicoll e Patrick, tenham uma qualidade de vida acima da média. – Ofereci pagar, via bolsa de estudos, além do valor que pago, as mensalidades dos meus filhos em uma das melhores escolas de Curitiba, que fica inclusive perto da casa deles, mas esta proposta foi negada por ela. – A mãe dos meus filhos pede, em processo na justiça, um valor de pensão baseado em valores que eu não ganho mais há bastante tempo.

Em nossa separação, deixei diversos imóveis para ela, no Brasil e na Romênia, além da guarda das crianças, e de ter que me desfazer de alguns bens meus para quitar dívidas deixadas por ela enquanto fomos casados. – No ano passado, mudei do Rio de Janeiro para Curitiba afim de ficar mais perto dos meus filhos e pedi a guarda compartilhada, e a justiça está prestes a conceder, com base em lei, sendo esta mais uma razão da minha ex-mulher insistir em valores absurdos. – Patrick e Nicoll podem comprovar que faço o possível e o impossível pela felicidade deles – única e exclusivamente deles. Haja vista a alegria de ambos quando estão comigo.

É para eles, e somente para eles, que pago mensalmente a pensão. A minha parte como pai estou fazendo. Deito minha cabeça tranquilamente no travesseiro com a sensação de que nao deixo faltar nada aos meus filhos.

Fonte: https://www.noticiasaominuto.com.br/esporte/532940/ex-mulher-de-giba-entra-com-recurso-para-levar-o-ex-atleta-a-prisao

MÊS ESPECIAL

VÍDEO: Paróquia Nossa Senhora de Fátima em Cajazeiras encerra festa neste sábado com mensagem de paz

ANTAGONISMO

Bolsonaro x Haddad: plano de privatização do ensino contra gestão que abriu 126 universidades, diz padre

VÍDEO & FOTOS

DIA DAS CRIANÇAS: Atividades e festa resgatam o prazer de brincar em alunos de escola de Cajazeiras

MORTO HÁ DOIS ANOS

VÍDEO: Filha conta detalhes do assassinato de comerciante sousense e se emociona: “Sou Damião Malvino”