header top bar

section content

Belo perde 2 mandos de campo por conta de bombas em jogo contra o Confiança

STJD ainda multou o time paraibano em R$ 15 mil por conta da explosão de duas bombas no fosso do Estádio Almeidão, na vitória do clube sobre o Dragão pela terceira rodada da Série C

Por Globo Esporte PB

20/05/2018 às 08h03 • atualizado em 19/05/2018 às 10h12

Bombas foram explodidas no fosso da Arquibancada Sol (Geral) do Estádio Almeidão (Foto: Raniery Soares/Paraíba Press)

O Botafogo-PB teve uma derrota no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Mas não é nada relacionado à Operação Cartola. O clube foi condenado, por unanimidade, à perda de dois mandos de campo na Série C do Campeonato Brasileiro, em virtude da explosão de duas bombas no fosso do Estádio Almeidão, na vitória do Belo por 2 a 0 sobre o Confiança, pela terceira rodada da competição.

O Belo foi incurso no artigo 213 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), por ter deixado de tomar “providências capazes de prevenir desordens em sua praça de desporto”. O clube ainda foi multado em R$ 15 mil reais.

O diretor jurídico do Belo, Alexandre Cavalcanti, confirmou que vai recorrer da decisão, mas não demonstrou muito otimismo quanto à diminuição da pena. Ele ainda analisou que o Botafogo-PB deve ser prejudicado cada vez mais pelo STJD, em virtude deste momento de crise ética que vive o futebol paraibano.

– Surpreendentemente o STJD julgou isso de maneira muito rápida, em apenas uma semana. Nós, enquanto jurídico desportivo do clube, vamos recorrer, logicamente, mas acho muito díficil mudar por causa desse momento que o futebol da Paraíba está vivendo, porque vão querer pegar o Botafogo-PB para Cristo para tudo. Se explodir uma bomba na China, o Botafogo-PB vai ser condenado também – avaliou.

O recurso não tem efeito suspensivo, o que quer dizer que, se após o clube recorrer, a pena de perda de mando de campo não for reformada, o time pessoense vai ter que jogar o próximo jogo com seu mando, fora de João Pessoa. Nesse caso, o jogo contra o Globo-RN, pela oitava rodada do torneio, deve ser reprogramado para o Estádio Nazarenão, em Goianinha, no Rio Grande Norte, ou para o Amigão, em Campina Grande.

As ocorrências das explosões das bombas que fundamentaram a punição do STJD ao Botafogo-PB não foram registradas na súmula pelo árbitro paulista Ilbert Estevam da Silva, que comandou a partida. A Polícia Militar, no entanto, registrou os fatos em relatório após o jogo e o documento acabou provocando a denúncia e o julgamento do STJD.

Trecho da decisão do STJD (Foto: Reprodução / STJD)

Fonte: Globo Esporte PB - https://globoesporte.globo.com/pb/futebol/times/botafogo-pb/noticia/belo-perde-2-mandos-de-campo-por-conta-de-bombas-em-jogo-contra-o-confianca.ghtml

Recomendado para você pelo google

EM SOUSA

Radialista revela que “vítima da mão pesada e dos chutes do prefeito Tyrone” disputará eleições em 2020

VÍDEO

Comandante do Corpo de Bombeiros aponta possíveis causas do incêndio no lixão de Cajazeiras

SAÚDE

VÍDEO: Programa Xeque Mate fala sobre a saúde de Cajazeiras e recebe popular e diretoras do HUJB e HRC

REFORMA AGRÁRIA

VÍDEO: Coordenadora da CPT Sertão afirma que terras são um direito dos camponeses e não do agronegócio