header top bar

string(16) "diario-esportivo"

section content

Festa rubro-negra no Castelão: Flamengo goleia e elimina o Fortaleza sem partida de volta

Rubro-Negro carioca cumpre o seu objetivo diante do Fortaleza e evita a partida da volta pela segunda fase da Copa do Brasil

Por

17/03/2011 às 09h39

Com o Castelão dividido por torcedores de Fortaleza e Flamengo, quem fez a festa na noite desta quarta-feira foi a parte rubro-negra. Com o placar de 3 a 0, a equipe carioca cumpriu o seu objetivo e, como ocorreu na primeira fase, quando eliminou o Murici-AL, garantiu com apenas um jogo a sua classificação para as oitavas de final da Copa do Brasil (veja os gols no vídeo ao lado). Na próxima etapa da competição o adversário será o Guarani ou outro time cearense, o Horizonte.

O Flamengo volta a campo no próximo domingo, às 16h (de Brasília), contra o Cabofriense, em Macaé, pela quarta rodada da Taça Rio. Já o Fortaleza volta as suas atenções para o Cearense e no mesmo dia e horário faz o clássico com o Ferroviário, também no Castelão.

src=http://s.glbimg.com/es/ge/f/original/2011/03/16/renatoabreu_vip_62.jpg

Renato comemora o gol que abriu caminho para a vitória e a classificação do Flamengo (Foto: Vipcom)

Fla sai na frente com bomba de pé direito de Renato

O jogo começou com 13 minutos de atraso, por causa do enorme número de pessoas que entrou em campo e mais a troca de meiões (brancos, iguais aos do Fortaleza, por preto) do goleiro Felipe. Com a bola rolando, o camisa 1 mostrou serviço logo aos dois minutos, ao fazer boa defesa em chute de Bismarck. O Flamengo, com Wanderley no ataque, no lugar de Negueba, tentou cadenciar o jogo e adiantou sua marcação ao perceber que o time da casa tentava imprimir um ritmo alucinante à partida.

E os visitantes logo conseguiram uma roubada de bola, com Thiago Neves, aos seis. Ele sofreu falta, e na cobrança Ronaldinho lançou David Braz, que, livre na área, isolou a bola. A partir daí, as faltas se sucederam entre as intermediárias, e o jogo não fluía. Ronaldinho, muito marcado, às vezes por três adversários, buscava espaço. O que conseguiu aos 20, quando lançou na área Thiago Neves, que serviu para Renato disparar uma bomba de pé direito e abrir o marcador. Na comemoração os jogadores do Flamengo simularam um jogo de porrinha (palitos).

Em desvantagem, o Fortaleza passou a ocupar o campo defendido pelo time rubro-negro, que quase não conseguia saída para o ataque. A solução encontrada pelo Flamengo a partir dos 30 minutos foi segurar a bola, trocando passes na defesa e no meio à espera do momento de dar o bote. Se não deu para assustar o time da casa, pelo menos impediu que o Tricolor cearense criasse chances de gol. E assim o time carioca foi para o intervalo com 1 a 0 a seu favor.

Fla domina e faz mais dois gols na etapa final

style=width:

Ronaldinho, com a bola no meio de campo, participou de dois gols (Foto: Jarbas Oliveira / Agência Vipcomm)

Mal começou o segundo tempo e Renato disparou um míssil, com a bola passando muito próxima à trave direita do goleiro Fabiano. O lance mostrou de cara que a disposição do Flamengo era decidir a sua classificação na capital cearense. Aos oito, Vanderlei Luxemburgo perdeu a paciência com Egídio, que tinha um cartão amarelo e mais uma vez não se apresentou bem, e pôs Ronaldo Angelim, ídolo das duas torcidas, na lateral esquerda.

Quando o Fortaleza passou a tomar as iniciativas da partida, o Flamengo armou um contra-ataque e chegou ao segundo gol, aos 15, com Wanderley. Ele, que pela primeira vez começou como titular, aproveitou de cabeça uma meia-bicicleta de "pneu furado" de Thiago Neves.

O resultado de 2 a 0 já colocava a equipe carioca direto na terceira fase da Copa do Brasil, por isso o Flamengo passou a, sempre que possível, segurar a bola no seu ataque. O Fortaleza pouco ameaçou, e a tarefa rubro-negra foi facilitada. Aos 46, Diego Maurício, que havia substituído Thiago Neves, recebeu de Ronaldinho e fez o terceiro para consolidar a vitória e a classificação, para a alegria de sua torcida em todo o Brasil.

FORTALEZA 0 x 3 FLAMENGO

Fabiano, Roniery, Gilmak, Plínio e Guto; Marcos Paulo, Régis, Luciano Henrique (Adriano Pimenta) e Bismarck (Eduardo); Reginaldo Jr. e Léo Andrade (Tatu).
Felipe, Léo Moura, Welinton, David Braz e Egídio (Ronaldo Angelim); Maldonado, Willians, Renato Abreu, Thiago Neves (Diego Maurício) e Ronaldinho Gaúcho, e Wanderley (Bottinelli).

Técnico: Flávio Araújo.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Gols: Renato, aos 20 minutos do primeiro tempo, e Wanderley, aos 25, e Diego Maurício, aos 46, do segundo tempo.

Cartões amarelos: David Braz, Egídio (Flamengo), Roniery (Fortaleza)

Estádio: Castelão, Fortaleza (CE). Data: 16/3/2011. Árbitro: Nielson Nogueira Dias (PE). Auxiliares: Erich Bandeira (PE) e Jossemar José Diniz Moutinho (PE).

                 Os gols de Fortaleza 0 x 3 Flamengo pela Copa do Brasil 2011

Renato Abreu, Wanderley e Diego Maurício marcaram na vitória da equipe rubro-negra, que eliminou o jogo de volta.

GLOBOESPORTE

Tags:
PLANOS E METAS

VÍDEO: Cantor explica como pretende administrar o Atlético e declara que o problema do clube é político

CAMPEONATO PARAIBANO 2019

VÍDEO: Após vistoria técnica, representantes da CBF elogiam o estádio Perpetão: “É um dos melhores”

A ARTE DO CORPO

VÍDEO: Bailarino que dá aula de dança em Cajazeiras fala da sua trajetória e de projetos para a cidade

MÚSICA AO VIVO

VÍDEO: Sucesso no Nordeste, cantor interpreta grandes bandas nacionais e internacionais no Xeque-Mate