header top bar

section content

Empresa lança app que permite dar consentimento legal ao sexo

Iniciativa foi criada após movimento contra abuso #MeToo

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

22/01/2018 às 09h23

Depois de 'metoo', aplicativo permite dar consentimento legal a sexo (Foto: reprodução)

Uma empresa holandesa desenvolveu um aplicativo que vai permitir que pessoas deem consentimento legal para relações sexuais por meio de seus celulares. O aplicativo LegalFling, que permite que usuários estabeleçam com quais práticas estão ou não confortáveis, registra o consentimento em um acordo juridicamente vinculativo.

De acordo com Arnold Daniels, criador do app, a ideia foi impulsionada por planos da Suécia para fortalecer sua lei contra estupro, que vai exigir consentimento explícito antes das relações sexuais. O lançamento do LegalFling deve acontecer em três semanas. Ele usará a tecnologia blockchain, por trás da criptomoeda bitcoin.

A iniciativa foi desenvolvida após diversos casos de assédios sexuais virem a público nos últimos meses, e principalmente pelo polêmico debate sobre consentimento desencadeado pelo movimento social #MeToo, que incentiva vítimas a relatarem abusos.

Época

Tags:
SAÚDE E BEM-ESTAR

VÍDEO: Sangramento nas regiões do reto e do ânus pode ser sinal de doença grave, avisa médico

APOIO DE CRAQUE

VÍDEO: Embaixador do Campeonato Paraibano, Hulk diz que está à disposição para ajudar clubes do Sertão

COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS

VÍDEO: Para advogado da OAB de Cajazeiras, investir em presídios e não em escolas é ‘enxugar gelo’

VÍDEO

Jovem jornalista estreia programa na TV e conta tudo sobre o Atlético de Cajazeiras no Paraibano 2019