header top bar

string(13) "diario-sertao"

section content

ESCÂNDALO: Padre é acusado de roubar quase R$ 4 milhões e usar dinheiro com namorado

Há seis anos, o padre e seu amante compraram uma casa em Brick, em Nova Jersey, e o pároco pagou mais de um milhão em dinheiro.

Por

11/12/2015 às 18h17

O padre Peter Miqueli é acusado de roubar dinheiro de duas igrejas Foto: Reprodução do Facebook

Uma ação judicial acusa um padre do Bronx, em Nova York, de ter roubado 1 milhão de dólares, cerca de R$ 3,8 milhões, de duas igrejas. De acordo com o jornal “NY Daily News”, o padre Peter Miqueli pagava mil dólares (R$ 3.800) por sessões de sexo com um amante, que exigiu que o sacerdote o chamasse de “mestre” e bebesse sua urina, segundo o processo.

Há seis anos, o padre e seu amante compraram uma casa em Brick, em Nova Jersey, e o pároco pagou mais de um milhão em dinheiro. O religioso também foi acusado de roubar dinheiro doado pelos fiéis para o conserto de um órgão da igreja e de usar drogas. “Esta ação busca para finalmente colocar um fim a essa conduta verdadeiramente pecaminosa”, diz um dos trechos da ação, que tem 36 páginas.

                                     

O jovem acusado de ser namorado do padre, Keith Crist, é corréu na ação, mas se recusou a falar com a imprensa local. Segundo vizinhos contaram, a casa em Nova Jersey recebe vários visitantes do sexo masculino. A residência tem uma banheira de hidromassagem e, na garagem, há uma BMW.

EXTRA

Tags:
ASSISTA

VÍDEO: ‘Mensagem de Esperança’ debate o mundo e o mal, sexo e outros temas

PARTICIPE!

VÍDEO: Gerente do Sebrae fala de revolução tecnológica em feira de Cajazeiras e convida empreendedores

PLANOS E METAS

VÍDEO: Cantor explica como pretende administrar o Atlético e declara que o problema do clube é político

CAMPEONATO PARAIBANO 2019

VÍDEO: Após vistoria técnica, representantes da CBF elogiam o estádio Perpetão: “É um dos melhores”