header top bar

section content

VÍDEO: Júnior Araújo destaca trabalho do médico Carneiro Arnaud, homenageado com Medalha Epitácio Pessoa

A honraria concedida ao médico Antônio Carneiro Arnaud, reconhece os relevantes serviços prestados ao estado e ao povo paraibano na direção do hospital Napoleão Laureano, referência no tratamento do câncer na Paraíba

Por José Dias Neto

26/05/2022 às 16h20

ALPB concede Medalha Epitácio Pessoa ao médico Carneiro Arnaud. Foto: Divulgação

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) realizou, sessão solene, na tarde desta quarta-feira (25), para entregar a medalha Epitácio Pessoa, maior comenda da Casa Epitácio Pessoa, ao médico Antônio Carneiro Arnaud, pelos relevantes serviços prestados ao estado e ao povo paraibano na direção do hospital Napoleão Laureano, referência no tratamento do câncer na Paraíba. O deputado estadual, Júnior Araújo comemorou a homenagem. ‘’Uma justa homenagem àquele que com muito compromisso, respeito e humanidade ajuda a tratar milhares de paraibanos que lutam contra o câncer’’, disse.

Em seu discurso, o médico Marcelo Lucena, presidente da Fundação Napoleão Laureano, destacou a ajuda e o apoio financeiro da Assembleia Legislativa ao hospital, através dos parlamentares estaduais, diretores e servidores, através da doação, em seus contracheques.

“É uma considerável ajuda financeira ao hospital. É importante registrar esse feito dessa Casa, onde nós nos sentimos realmente em casa, pela afinidade que todos vocês têm, com o nosso hospital e o nosso trabalho. Essa é uma linda, justa e merecida homenagem para uma pessoa que por 60 anos esteve à frente do Hospital Napoleão Laureano e, mesmo com essa idade, ainda continua nos passando toda experiência possível, toda ajuda necessária nessa incansável batalha contra essa doença devastadora”, declarou.

ALPB concede Medalha Epitácio Pessoa ao médico Carneiro Arnaud. Foto: Divulgação

Ao agradecer a homenagem, Carneiro Arnaud lembrou que o Hospital Napoleão Laureano tem três pilares de sustentação: as autoridades, o povo e a imprensa. Visivelmente emocionado, o médico agradeceu pelo reconhecimento daqueles que fazem o Poder legislativo, os representantes do povo. “São eles quem reconheceram em mim, o nosso trabalho e de todos que estão comigo no Laureano, fazendo uma luta incessante contra o câncer, principalmente ajudando às pessoas pobres, aos humildes. Atendemos aos 223 municípios. Recebo essa homenagem com muita satisfação e alegria, pois serve para nos estimular a continuar essa luta nesse hospital, que já tem 60 anos de funcionamento”, declarou.

APOIO DA CLASSE POLÍTICA

Também participaram da homenagem o deputado Joao Gonçalves; os médicos Thiago Lins Almeida, Diretor-Geral do Hospital Napoleão Laureano, e Fernando Lianza Dias, entre outros diretores das instituição; o presidente do Conselho Consultivo da Sociedade Norte-Nordeste de Cardiologia, além de diversas outras autoridades civis, militares e parentes do homenageado.

PERFIL DO HOMENAGEADO

Antônio Carneiro Arnaud nasceu em Pombal (PB) no dia 7 de dezembro de 1933, filho de Chateaubriand de Sousa Arnaud e de Dalva Carneiro Arnaud. É médico oncologista, formado pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), em 1958, e bacharel em Administração de Empresas, pela Faculdade de Administração dos Institutos Paraibanos de Educação (atual Unipê), em 1975.

Em 1960, assumiu a diretoria do Hospital do Câncer Napoleão Laureano em João Pessoa, tendo exercido paralelamente uma série de atividades ligadas ao setor hospitalar: professor das escolas de enfermagem da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e da Santa Casa de Misericórdia da Paraíba (Escola de Enfermagem Santa Emília de Rodat), em 1961, e da Faculdade de Medicina da UFPB, em 1962. Em 1968, fundou a Associação Paraibana de Hospitais, tornando-se seu presidente; e em 1970 a Clínica São Camilo, da qual também assumiu a presidência.

Membro de uma família de políticos, Carneiro Arnaud já ocupou cargos eletivos e públicos como deputado federal por duas legislaturas (1979-1983 e 1983-1987) e a Prefeitura de João Pessoa, no período de 1º de janeiro de 1986 a 31 de dezembro de 1989. É sobrinho de Rui Carneiro, deputado federal de 1935 a 1937, interventor na Paraíba de 1940 a 1945 e senador de 1951 a 1977; de José Janduí Carneiro, constituinte em 1946 e deputado federal, de 1946 a 1975; e de Alcides Vieira Carneiro, deputado federal, de 1951 a 1955, e ministro do Superior Tribunal Militar (STM), de 1966 a 1976. Seu tio-avô, Daniel Vieira Carneiro, foi deputado federal pelo Ceará de 1921 a 1923 e pela Paraíba de 1927 a 1929.

ASSESSORIA

INUSITADO

VÍDEO: Bandido de alta periculosidade é preso na PB e polícia encontra cerca de R$ 29 mil em geladeira

CARGA DE FRIOS

VÍDEO: Motorista de caminhão saqueado em Pombal ficou como refém dos bandidos por quase 24 horas

SAÚDE EM PAUTA

VÍDEO: Aumento de casos de tuberculose e abandono de tratamento gera preocupação na Paraíba, alerta SES

SANTIDADE E DEVOÇÃO

VÍDEO: Sacerdote diz que beatificação da Menina Benigna incentiva canonização do Pe. Rolim em Cajazeiras

Recomendado pelo Google: