header top bar

section content

Cajazeiras está entre os dez municípios que possuem mais riquezas na Paraíba

Mais da metade de toda riqueza produzida na Paraíba fica concentrada em 10 municípios. Cajazeiras está na frente das cidades de Sousa, Guarabira e Caaporã.

Por

16/12/2009 às 18h21

Mais da metade de toda riqueza produzida na Paraíba fica concentrada em 10 municípios. O Produto Interno Bruto (PIB) dessas cidades, em 2007, somou R$ 14,5 bilhões, o que representa 65,3% do Produto Interno Bruto da Paraíba. Os números foram divulgados na manhã desta quarta-feira (16) pelo superintendente do Instituto de Desenvolvimento Municipal e Estadual (Ideme), Achilles Leal Filho. O levantamento foi realizado em parceria com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

João Pessoa é o município que mais somou riquezas na Paraíba em 2007. A Capital paraibana registrou um PIB de R$ 6,7 bilhões naquele ano. Isso representa 30,45% de tudo que foi gerado nos setores da indústria, serviços e agropecuária no Estado. Campina Grande ocupa o segundo lugar no ranking do PIB dos municípios por produzir R$ 3 bilhões em riquezas e contribuir com 13,95% do índice na Paraíba, que chegou a R$ 22,2 bilhões em 2007.

Completam a lista dos 10 maiores PIB municipais na Paraíba: Cabedelo (R$ 1,6 bilhões), Santa Rita (R$ 832 milhões), Bayeux (R$ 498,8 milhões), Patos (R$ 461 milhões), Cajazeiras (R$ 369,5 milhões), Sousa (R$ 333 milhões), Guarabira (R$ 300,2 milhões) e Caaporã (R$ 248,7 milhões).

Concentração cresce
Segundo o analista sócio-econômico do IBGE, Jorge Souza Alves, a concentração de riquezas na Paraíba vem aumentando ao longo dos anos. Em 2003, por exemplo, os municípios de João Pessoa, Campina Grande, Cabedelo, Santa Rita e Bayeux possuíam 56,3% do PIB paraibano. Naquele ano, o índice chegou a R$ 14,1 bilhões. Em 2007, esses mesmos municípios levaram uma fatia maior, com 57,9% da riqueza produzida.

“Desde a década de 70, quando começaram as políticas federais de desenvolvimento para as regiões Norte e Nordeste, foram criados distritos industriais na Bahia, Ceará e Pernambuco. Na Paraíba, esses distritos ficaram concentrados em João Pessoa e em Campina Grande. Entre 2003 e 2007, por exemplo, foram implantados pólos atacadistas em municípios litorâneos localizados na BR-230”, explicou Jorge Souza Alves.

Reduzir desigualdades
O superintendente do Ideme, Achilles Leal Filho, afirmou que o resultado do desempenho econômico dos 223 municípios paraibanos servirá para que os governos federal, estadual e municipal desenvolvam ações que descentralizem a produção de riquezas na Paraíba.

“O PIB é fundamental para a realização de políticas de desenvolvimento no Estado. Com os números, os prefeitos paraibanos e o governo estadual poderão traçar as ações que reduzam as desigualdades de geração de riquezas entre regiões paraibanas”, declarou.

Menor PIB
Os menores Produtos Internos Brutos municipais na Paraíba estão em cidades do Sertão. O município de Areia de Baraúnas registrou o pior PIB municipal, em 2007. A cidade sertaneja produziu uma riqueza de R$ 5,5 milhões. Os setores de serviços e comércio contribuíram com R$ 4,5 milhões na economia local, o que corresponde a 82,3% das riquezas daquela localidade.

O segundo menor PIB municipal está em Quixabá. A economia desse município do Sertão produziu R$ 6,6 milhões em 2007. Parari, localizado na região do Cariri paraibano, ficou com o terceiro menor índice, gerando R$ 7 milhões em riquezas.

Mais verbas

O superintendente do Ideme afirmou que a partir do resultado do PIB dos municípios, o Governo Federal deve aumentar o aporte de recursos para os municípios mais pobres da Paraíba, como forma de aquecer suas economias. “O Governo Federal leva em conta o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), que é composto pelo PIB, para o repasse de verbas aos municípios brasileiros. Aqueles que apresentam valores menores no Produto Interno Bruto serão o alvo principal de políticas públicas, como a transferência de recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC)”, declarou Achilles Leal Filho.

Os 10 maiores PIBs na Paraíba, em 2007

Município

Valor do PIB

(R$ 1.000)

Participação relativa (%) no PIB da Paraíba

 

 

 

João Pessoa

6.760.023,00

30,45

Campina Grande

3.098.117,00

13,95

Cabedelo

1.670.453,35

7,52

Santa Rita

832.834,01

3,75

Bayeux

498.835,89

2,25

Patos

461.051,72

2,08

Cajazeiras

369.557,66

1,66

Sousa

333.008,61

1,5

Guarabira

300.274,39

1,35

Caaporã

248.724,12

1,12

 

Os 10 menores PIBs na Paraíba, em 2007

Município

Valor do PIB

(R$ 1.000)

Participação relativa (%) no PIB da Paraíba

Areia de Baraúnas

5.596,38

0,04

Quixabá

6.600,53

0,04

Parari

7.062,65

0,03

Coxixola

7.163,45

0,03

Santarém

7.257,17

0,03

São José do Brejo do Cruz

7.291,94

0,03

Zabelê

7.466,35

0,03

Riacho de Santo Antônio

7.506,00

0,03

Curral Velho

7.785,57

0,03

São Domingos do Cariri

7.995,02

Da redação com informações da Assessoria de Imprensa do Ideme

Tags:
DE 2017 PARA ESTE ANO

VÍDEO: São José de Piranhas tem aumento alarmante de homicídios em 2018; confira balanço da PM na região

VIXE!

VÍDEO: Vidente detalha futuro da imprensa de Cajazeiras e prevê mortes: “Não chega às festas juninas”

É DO SERTÃO!

Cantores mirins do Vale do Piancó estão fazendo sucesso e bombando em vários estados brasileiros

PROBLEMA GRAVE

VÍDEO: No Xeque-Mate, voluntários debatem sobre maus tratos e abandono de animais em Cajazeiras