header top bar

section content

Deputado Jeová Campos acha que "é hora de moralizar" a Assembléia

Ao se pronunciar sobre a extinção da verba social da Assembléia – cuja suspensão foi determinada pelo STF – o líder do PT na casa, deputado Jeová Campos, disse nesta terça-feira, 7, que “chegou a hora de moralizar a Assembléia, porque há gabinetes ricos, cujo orçamento chega a R$ 180 mil”. “Há a necessidade tornar […]

Por

07/07/2009 às 22h47

Ao se pronunciar sobre a extinção da verba social da Assembléia – cuja suspensão foi determinada pelo STF – o líder do PT na casa, deputado Jeová Campos, disse nesta terça-feira, 7, que “chegou a hora de moralizar a Assembléia, porque há gabinetes ricos, cujo orçamento chega a R$ 180 mil”.

“Há a necessidade tornar os gabinetes iguais porque hoje existem ricos e pobres, o meu é pobre. Recebo R$ 35 mil para contratar do o meus pessoal no estado todo. Mas tem gabinetes que custam R$ 120 e até R$ 180 mil, por isso é hora de moralizar a Assembléia”, disse Campos.

O deputado disse vai que apresentar requerimento para que a mesa diretora apresente os custos de cada gabinete ( 36 ao todo). “O requerimento vai assinado por mim e pelo deputado Batinga, para que a mesa apresente os custos de forma detalhada, qual a relação de servidores contratados, incluindo os servidores contratados pela mesa diretora, e dos membros da mesa”, declarou Campos.

O deputado Pedro Medeiros(PSDB) rebateu as declarações de Jeová Campos. “Desconheço esses privilégios. Um homem para pedir moralização, primeiro tem que ter moral e, esse assunto relacionado às verba social eu não discuto”, disse Pedro.

O deputado Dinaldo Wanderley(PSDB), que é membro suplente da mesa diretora também disse desconhecer a existência de gabinetes tão caros na Assembléia. “Desconheço; e se o deputado conhece, que aponte”, declarou.

Fonte: Portal Correio

Tags:

Recomendado para você pelo google

VÍDEO

Corpo jovem desaparecida é encontrado em avançado estado de decomposição; amiga fala da relação com o ex

AO VIVO

ESPECIAL: Sessão da Assembleia Legislativa do Estado da Paraíba em Cajazeiras – 156 anos

VÍDEO

Em entrevista no Sertão, presidente da Assembleia revela distanciamento entre Ricardo e João Azevêdo

VÍDEO

Testemunha dá detalhes de assalto que deixou funcionário de concessionária de Cajazeiras baleado