header top bar

section content

Começam os estudos técnicos para criação da Universidade Federal do Sertão

Num prazo de 60 dias será apresentado ao Colegiado Pleno do Conselho Universitário o relatório conclusivo, com os diagnósticos e o cronograma de metas. Cajazeiras poderá ser a sede.

Por

13/06/2009 às 20h33

Antes de seguir para a França, em missão de cooperação científica, o reitor da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Thompson Mariz, assinou portaria instituindo a Comissão de Estudo da Viabilidade Técnica de Criação da Universidade Federal do Sertão, a partir do desmembramento dos campi Cajazeiras, Patos, Pombal e Sousa.

Num prazo de 60 dias será apresentado ao Colegiado Pleno do Conselho Universitário o relatório conclusivo, com os diagnósticos e o cronograma de metas, caso seja considerável a possibilidade do surgimento de uma nova instituição de ensino superior na Paraíba.

A comissão, sob presidência do próprio reitor, é composta pelos diretores dos centros que provavelmente serão desmembrados, caso se consolide a criação da Universidade Federal do Sertão: Paulo Bastos, do CSTR (campus Patos); Martinhos Salgado, do CCTA (campus Pombal); Joaquim Alencar, do CCJS (campus Sousa); e Fábio de Freitas, do CFP (campus Cajazeiras).

Na primeira reunião, que será marcada na próxima semana, serão estabelecidos o cronograma de visitas, das análises técnicas e das reuniões com a comunidade acadêmica dos centros.

“Vamos avançar na consolidação deste projeto paraibano” afirmou o reitor, ressaltando que a experiência tida com a criação da UFCG, em condições bem diferentes, comprova que o desmembramento não enfraquece, enriquece.

Fonte: Ascom/UFCG

Tags:
DE 22 A 27 DE JANEIRO

VÍDEO: Teatro Ica completa 34 anos em Cajazeiras com extensa e diversificada programação cultural

DE 2017 PARA ESTE ANO

VÍDEO: São José de Piranhas tem aumento alarmante de homicídios em 2018; confira balanço da PM na região

VIXE!

VÍDEO: Vidente detalha futuro da imprensa de Cajazeiras e prevê mortes: “Não chega às festas juninas”

É DO SERTÃO!

Cantores mirins do Vale do Piancó estão fazendo sucesso e bombando em vários estados brasileiros