header top bar

string(13) "diario-sertao"

section content

Jeová Campos retorna confiante da audiência no DNOCS em Fortaleza

“O encontro foi bastante proveitoso, pois conseguimos convencer a direção do DNOCS da importância desses pleitos que elevarão o desenvolvimento da região sertaneja do nosso Estado”. Essa afirmação foi feita ontem (28) pelo deputado estadual Jeová Campos, líder do PT na Assembléia Legislativa do Estado, a respeito da audiência que ele teve na última quarta-feira […]

Por

31/03/2008 às 23h40

“O encontro foi bastante proveitoso, pois conseguimos convencer a direção do DNOCS da importância desses pleitos que elevarão o desenvolvimento da região sertaneja do nosso Estado”. Essa afirmação foi feita ontem (28) pelo deputado estadual Jeová Campos, líder do PT na Assembléia Legislativa do Estado, a respeito da audiência que ele teve na última quarta-feira (26), com o diretor-geral do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS), Elias Fernandes, em Fortaleza (CE). 

A principal pauta do encontro, realizado na sede do órgão, foi a pavimentação da estrada que liga a BR 230 ao distrito de Engenheiro Ávido, pertencente a Cajazeiras. Na ocasião foi debatido também assuntos referentes à conservação do Perímetro Irrigado de São Gonçalo, em SousA respeito da pavimentação da estrada que liga a BR 230 ao distrito de Engenheiro Ávido, que é fruto do encontro de Jeová no último dia 13, em São Gonçalo , com o Ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima, o parlamentar petista fundamentou ao dirigente do DNOCS as dificuldades no acesso ao açude de Engenheiro Ávido, que abastece cidades como Cajazeiras e São José de Piranhas, e é um dos locais por onde vai passar um dos canais do projeto de Transposição do Rio São Francisco no Estado. “A necessidade e a urgência de se pavimentar esse trecho se dá por várias razões, pois facilitará o acesso dos técnicos durante as vistorias da obra, contribuirá no processo de reserva ambiental, além de favorecer o turismo na localidade”, justificou Jeová.

Outra ressalva sobre a importância da obra feita por ele é que essa pavimentação é uma reivindicação histórica e secular, uma vez que o açude de Engenheiro Ávido é um reservatório que existe desde 1922 e até hoje nunca foi construída nenhuma via de acesso asfaltada até o local. “Com esse asfaltamento e a Transposição do Rio São Francisco no Estado, cerca de 100 mil pessoas da região serão beneficiadas, pois os empreendimentos favorecerão o potencial econômico e turístico do local”, reforçou Jeová.

Satisfeito com as justificativas do parlamentar, o dirigente do DNOCS, Elias Fernandes, garantiu ao deputado Jeová Campos que voltará a se reunir com o Ministro Geddel para tratar da parte estrutural, dos custos e do período de execução da obra. Já com relação ao Perímetro Irrigado de São Gonçalo, Elias se comprometeu, principalmente durante esse período de chuvas ocorrentes em toda a Paraíba, de intensificar a realização de medidas de segurança por parte do órgão federal competente, no que diz respeito à preservação do manancial. A audiência na capital cearense, ainda contou com a presença do coordenador do DNOCS na Paraíba, Solon Alves Diniz, e do presidente da Associação Comunitária de Riacho Fundo, Major Marcos Martins Soares, que representou o distrito de Engenheiro Ávido.

Da assessoria

Tags:
PARTICIPE!

VÍDEO: Gerente do Sebrae fala de revolução tecnológica em feira de Cajazeiras e convida empreendedores

PLANOS E METAS

VÍDEO: Cantor explica como pretende administrar o Atlético e declara que o problema do clube é político

CAMPEONATO PARAIBANO 2019

VÍDEO: Após vistoria técnica, representantes da CBF elogiam o estádio Perpetão: “É um dos melhores”

A ARTE DO CORPO

VÍDEO: Bailarino que dá aula de dança em Cajazeiras fala da sua trajetória e de projetos para a cidade