header top bar

section content

Vice-Prefeito arromba prefeitura de São José de Piranhas para assumir cargo

A situação está cada vez mais quente na vizinha cidade de São José de Piranhas entre o vice-prefeito João Batista Cavalcante e José Neto Lacerda. Segundo informações veiculadas pelo programa de rádio

Por

28/02/2008 às 17h56

A situação está cada vez mais quente na vizinha cidade de São José de Piranhas entre o vice-prefeito João Batista Cavalcante e José Neto Lacerda. Segundo informações veiculadas pelo programa de rádio Boca Quente, da Rádio Difosora AM de Cajazeiras, na manhã desta quinta-feira, 28, o prédio da prefeitura municipal foi arrombado por João Batista e alguns de seus aliados políticos. O vice-prefeito queria assumir de uma vez por todas o cargo de prefeito daquele da cidade.

Desde a cassação do prefeito José Ferreira de Carvalho (Zezé de Né Gomes) e seu vice Paulo Lucena, os dois principais candidatos a substituir Né Gomes vivem em pé de guerra jurídico. João Batista, juntamente com seus advogados, afirma que Neto Lacerda não pode estar à frente da prefeitura por estar com seus direitos políticos cassados pela Justiça Federal.

Já Neto Lacerda, por sua vez, assumiu o cargo por força de uma liminar expedida pela juíza da 40ª zona eleitora Deise Mota, deixando tensa a disputa pela prefeitura. Com isso, João Batista resolveu arrombar a prefeitura para tomar posse do cargo máximo do município.

Mesmo o reforço policial ao redor do prédio da prefeitura não conseguiu impedir que João Batista e seus aliados arrombassem a porta e trocassem as fechaduras. Segundo informações, o clima continua tenso na cidade.

Da redação do Diário do Sertão

Tags:
SEIS CIDADES

VÍDEO: Candidatos da Paraíba e do Ceará concorrem em mais uma eliminatória do Talentos do Sertão 2022

SEPARADOS À FORÇA

VÍDEO: Família se emociona em Cajazeiras no reencontro de mãe e filho que não se viam há mais de 50 anos

AO LADO DO PRESIDENTE

VÍDEO: Cícero Lucena ouve sonora vaia de apoiadores de Bolsonaro e tem dificuldade para discursar

DOGMAS

VÍDEO: Padre explica por que Igreja Católica Brasileira não celebra casamento de pessoas do mesmo sexo

Recomendado pelo Google: