header top bar

section content

Eleições 2008 em Marizópolis

Zé Vieira: hora de pensar em projetos e não em candidatura

Por

19/01/2008 às 15h07

Apesar de receber insistentes apelos de correligionarios para ser candidato em 2008, o ex-prefeito de Marizópolis, José Vieira da Silva (PTN), disse neste sábado, 19, ao DIÁRIO DO SERTÃO, que não tem discutido essa questão nesse momento. "Minha preocupação agora é ajudar a prefeita Alexciana Vieira a continuar fazendo um governo voltado para o crescimento do nosso município", afirmou.

Zé Vieira, que é Secretário de Planejamento, afirmou que ainda é muito cedo para discutir a sucessão municipal. Por isso, ressalta o ex-prefeito, que a hora é de manter o ritmo acelerado de obras e ações administrativas focadas na melhoria da qualidade de vida do povo marizopolense.

Para Vieira, é natural que seu nome venha sempre sendo lembrado como o candidato do grupo governista em Marizópolis. "Foram oito anos de um governo que praticamente construiu uma cidade que hoje desponta como a mais desenvolvida dos novos municípios paraibanos", comemora.

Ele disse ainda que seu grupo político dispôe de várias opções para disputar a eleição. Além da própria prefeita Alexciana Vieira, sua sobrinha, Zé Vieira lembrou que tem seis vereadores na bancada governista com condições plenas de serem escolhidos, caso seja necessário, e mais outras lideranças políticas que integram seu grupo.

Mais importante do que discutir nomes, enfatiza Vieira, é traçar um projeto administrativo que seja capaz de manter as boas ações do governo atual e avançar em outros pontos de interesse da comunidade. 

Da redação do DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
NOVO DESAFIO

VÍDEO: Jornalista Heron Cid anuncia que vai se afastar das atividades para disputar as Eleições 2022

DRACO

VÍDEO: Mulher é presa em Pombal por tráfico de drogas e comercialização de armas a mando do companheiro

A CASA CAIU

VÍDEO: Foragido da Justiça de São Paulo com pena de 8 anos de prisão, é preso na cidade de Pombal

"PONTO FACULTATIVO"

VÍDEO: Mesmo sem ser feriado, comércio de Sousa fica ‘deserto’ no São Pedro e causa estranheza

Recomendado pelo Google: