header top bar

section content

‘Imposição gera derrota’, diz Zé Aldemir sobre Cajazeiras

O deputado estadual José Aldemir revelou que teme a imposição de um determinado candidato em detrimento de outro melhor para as eleições 2008 em Cajazeiras. Aldemir chegou a lembrar as eleições 2004.

Por

29/11/2007 às 12h49

O deputado estadual José Aldemir (DEM) revelou que teme a imposição de um determinado candidato em detrimento de outro melhor para as eleições 2008 em Cajazeiras. Aldemir chegou a lembrar as eleições 2004 em João Pessoa, quando, segundo ele, o ex-prefeito Cícero Lucena (PSDB) impôs o nome do secretário Ruy Carneiro.(PSDB) e a base do governo ‘levou uma surra de votos’.

“Em relação a candidatura em Cajazeiras não podemos ter um entendimento que não seja de bom senso, porque temos o exemplo de Ruy Carneiro, onde o ex-prefeito Cícero Lucena, a qualquer custo, impôs o nome de Ruy e levamos uma surra de votos muito grande em João Pessoa”, argumenta.

Apesar da alfinetava, o deputado alega que trabalha pela unidade e pelo fortalecimento do colegiado político comandado pelo prefeito Carlos Antônio, e que a bem pouco tempo não fazia parte de seus planos colocar seu nome a disposição para a batalha política de 2008 em Cajazeiras pela sucessão do prefeito.

Sem garantia – “Eu não posso dizer que minha candidatura está garantida. Eu estou com o nome posto para discussão da sociedade, eu não imponho”, garante.

O deputado afirmou que nesses últimos dias sentiu o peso da responsabilidade sobre os ombros e em razão da manifestação “continuada e insistente” de amigos e do povo de Cajazeiras cobrando para que seja candidato, começou a perceber que “o sentimento da terra pesa”. “Eu não posso trair o entendimento manifestado pela sociedade. Por essa razão é que eu abdico do dizer que não tenho projeto para ser candidato a prefeito e já coloco meu nome a disposição”, esclarece.

Todavia, o deputado insiste que não pode ser candidato sem que o prefeito Carlos Antônio o indique e participe da campanha ‘vestindo a camisa’. E ainda: seu nome tem que passar pela homologação do partido.

“Não sou proprietário do partido. O entendimento tem que ser espontâneo”, explica, garantindo que espera consenso e que além de seu nome existem outros que podem disputar com sucesso o pleito e cita:

O empresário Walter Cartaxo, o vereador Marcos Barros, procurador municipal Adjamilton Pereira, procurador da defensoria publica, Otávio Araújo, Léa Silva, presidente do DEM e o advogado Paulo Sabino, além de Marinho, já indicado pelo prefeito. “Mas ainda não foi decido. Só se decide candidatura na convenção”, apressa-se Aldemir.

Do Portal WSCOM

Tags:
AVANÇO NA EDUCAÇÃO

VÍDEO: Prefeita Denise Bayma entrega nova fachada e duas novas salas na Escola Maria do Carmo Gonçalves

PAIS DE CORAÇÃO

VÍDEO: Advogado comenta sobre paternidade socioafetiva e reconhecimento nos cartórios

DEBANDADA

VÍDEO: Deputado Taciano Diniz explica por que deixou a base do governador para apoiar Veneziano

CANDIDATOS OU NÃO?

VÍDEO: Radialista desabafa contra políticos paraibanos que insistem em tentar recursos na Justiça

Recomendado pelo Google: