header top bar

section content

VÍDEO: José Aldemir elogia perfil de João Azevêdo, mas diz que ‘onde está a bandidagem eu não fico’

- Prefeito de Cajazeiras avisou que se a união acontecer, ele não vai subir no palanque juntamente com o grupo que apoia o governador João Azevêdo no município

Por Jocivan Pinheiro

18/09/2019 às 16h28 • atualizado em 18/09/2019 às 16h34

Na manhã desta quarta-feira (18), durante solenidade de lançamento da feira Cajazeiras Expo Negócios 2019, o prefeito José Aldemir (PP) disse que sua união com o governador João Azevêdo, que rompeu com o ex-governador Ricardo Coutinho e está de saída do PSB, depende das negociações partidárias mediadas pelo deputado federal Aguinaldo Ribeiro, presidente do PP na Paraíba.

Aldemir elogiou o ‘perfil diferente’ de João Azevêdo. Segundo ele, o atual governador é mais ‘sociável’.

“Nós não temos dificuldade nenhuma para estarmos somados ao governador. João Azevêdo tem um perfil bem diferente. É muito mais sociável e a gente tem condições de dialogar”.

No entanto, o prefeito de Cajazeiras avisou que se a união acontecer, ele não subirá no palanque com o grupo de João Azevêdo em Cajazeiras porque “onde está a bandidagem eu não fico”.

“Jeová [Campos, deputado estadual do PSB] é um grande companheiro, apesar da nossa adversidade político-partidária. Mas onde está a bandidagem eu não fico”.

VEJA TAMBÉM

Crise no PSB aproxima João Azevêdo de Zé Aldemir, mas Júnior pode impedir, avalia colunista

Dra. Paula diz que João Azevêdo é um estadista e não vê problema em aproximação com governo

Líder do governo na ALPB diz que Ricardo Coutinho está recheado de ‘vaidade e egocentrismo’

Redação DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

TOP 5

VÍDEO: Paraíba ficou entre os cinco estados do Brasil que mais geraram emprego em agosto de 2019

PROFUNDA CRISE

VÍDEO: Professor afirma que por trás da Lava Jato estavam agentes interessados no cenário político

VÍDEO

IPC de Cajazeiras realiza 1ª necropsia após inauguração; chefe fala de dificuldades para o funcionamento

EM CAJAZEIRAS

VÍDEO: Ex-ministro da Justiça afirma que Lula é inocente e defende anulação da sentença pelo STF