header top bar

section content

VÍDEO: Padre de Cajazeiras nega ter sido proibido de celebrar missas e diz que voltará após pandemia

Comentam-se que o sacerdote foi afastado porque se envolveu com política, Mas ele alega que o afastamento se deu em virtude de 'incompatibilidades pastorais'

Por Jocivan Pinheiro

31/08/2020 às 18h12 • atualizado em 31/08/2020 às 18h17

O padre Francivaldo Albuquerque, que foi vice-prefeito de Cajazeiras de 2000 a 2004, negou durante entrevista ao programa Olho Vivo que tenha sido impedido pela Diocese local de exercer sua função como sacerdote e assumir novamente uma paróquia.

Segundo o padre, seu afastamento no exercício do sacerdócio se deu em virtude de ‘incompatibilidades pastorais’. Por estar sem paróquia fixa, ele acredita não ser correto celebrar missas em lugares diferentes. Padre Francivaldo disse ter realizado atos litúrgicos em outros estados, mas evita aceitar novos convites.

“Eu evito celebrar para não haver incompatibilidades. Estou sem paróquia, e cada Igreja tem o seu sacerdote. Tenho celebrado no Ceará, Rio Grande do Norte, aqui participo de algumas cerimônias de amigos, porém evito convites. Mas estou livre e não é certo estar celebrando aqui e acolá”.

VEJA TAMBÉM

Padre de Cajazeiras lamenta exposição do caso do Padre Robson e afirma que a Igreja é perseguida

Em Cajazeiras, comentam-se que Padre Francivaldo foi afastado porque se envolveu com política. Mas ele alega que deu uma pausa nas cerimônias religiosas após a morte do seu pai e que, por ter se envolvido em trabalhos sociais dentro das pastorais e em outros projetos sociais de governo, acabou se distanciando por muito tempo.

“Já conversei com o bispo e pretendo voltar a atuar na minha profissão. Me envolvi com trabalhos sociais junto a órgãos de governo e encarei como novas experiências do ponto de vista social em favor da melhoria de vida das pessoas”.

“Não sofri nenhuma punição porque não cometi nenhum crime. Estou afastado por questão de coerência. Para assumir uma paróquia é ideal um compromisso total, e minhas outras ocupações tomaram meu tempo”, completa.

DIÁRIO DO SERTÃO

PROJETOS E IRONIAS

VÍDEO: Candidata promete hospital para Santa Helena, e adversário pergunta se ela usa cartão do SUS

ELEIÇÕES 2020

VÍDEO: Jornalista vê em resultado de pesquisa cenário do segundo turno nas eleições em João Pessoa

CURIOSIDADE

VÍDEO: Escritora paraibana detalha relação entre Lampião e Padre Cícero durante governo de Prestes

EM DEBATE

VÍDEO: Candidata promete hospital universitário em Santa Helena com “projeto audacioso, mas concreto”

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!