header top bar

section content

Cantor anuncia gravação de DVD e revela que recebeu chamado de Deus para ser Pastor

Tiago falou que está sendo um grande investimento muito alto na produção do CD e DVD que tem como título “Busca”

Por

25/06/2014 às 11h15

Tiago Melo é pastor evangélico na cidade de Sousa (Foto: Facebook)

O cantor e compositor Tiago Melo prestou entrevista na TV Diário do Sertão sem Sousa e falou sobre a gravação do CD e DVD que será gravado ao vivo no Campestre Clube de Sousa no dia 27 de setembro.

Tiago disse que desde criança gosta de tocar violão, bateria e outros instrumentos musicais, no entanto foi o pai quem lhe incentivou a começar a cantar na igreja. Tiago disse ainda que depois de vários anos recebeu um chamado de Deus para ser pastor e atualmente está ministrando a palavra de Deus uma igreja na cidade de Sousa.

O reverendo já participou de outras bandas evangélicas, entre elas o ministério “Asas da Verdade”, que fez muito sucesso em Sousa e região com belas canções entre elas a música Vida com Deus e Deus Está Aqui.

Carreira solo
Tiago falou que está sendo um grande investimento muito alto na produção do CD e DVD que tem como título “Busca”. Nas redes sociais os internautas estão na expectativa do grande evento gospel. “Será um grande lançamento no dia 27 de setembro em Sousa, com a gravação do DVD. Uma produção no meio evangélico que em Sousa nunca foi feita antes. Quero convidar a todos os internautas para comparecerem a esse momento de louvor e adoração a Deus”, destacou Tiago Melo.

Assista a entrevista!

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:

Recomendado para você pelo google

É GRAVE

VÍDEO! Moradores reclamam da falta de exames no laboratório municipal em Patos: “Não tem nem de sangue”

'QUEDA DE BRAÇO'

VÍDEO: Vice-presidente da OAB Nacional afirma que disputa entre advogados e juízes não gera ‘fissuras’

OUTUBRO ROSA

VÍDEO: Cajazeirense relata sua luta contra o câncer de mama e deixa mensagem de otimismo para mulheres

CRÍTICAS A BOLSONARO

VÍDEO: Professora cita problemas na UFCG e alerta para ‘desmonte criminoso das universidades públicas’