header top bar

section content

Saúde capacita profissionais sobre tratamento de tabagismo pelo SUS

O objetivo da capacitação é formar os profissionais de saúde para a abordagem e tratamento do fumante na rede SUS, promovendo a melhoria do acesso e da qualidade da atenção à saúde.

Por Priscila Belmont

03/03/2017 às 17h43

Saúde capacita profissionais sobre tratamento de tabagismo pelo SUS (Imagem ilustrativa)

A Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio do Núcleo de Doenças e Agravos Não Transmissíveis, promoverá, na próxima terça-feira (7), capacitação sobre tratamento do fumante pelo Programa Nacional de Controle do Tabagismo/Instituto Nacional do Câncer (Inca) para profissionais de saúde dos 65 municípios que integram a I Macrorregião de Saúde (1ª, 2ª e 12ª Gerências Regionais de Saúde). A qualificação será das 8h às 12h30, no auditório do Centro Formador de Recursos Humanos – Cefor-PB, no bairro da Torre, em João Pessoa.

O objetivo da capacitação é formar os profissionais de saúde para a abordagem e tratamento do fumante na rede SUS, promovendo a melhoria do acesso e da qualidade da atenção à saúde.

“Serão qualificados dois profissionais por município, especialmente, médicos, enfermeiros e psicólogos, além de outros profissionais da saúde, de nível superior, que tenham perfil para trabalharem com o Programa de Cessação do Tabagismo e que sejam multiplicadores em seus municípios”, explicou a chefe do Núcleo de Doenças e Agravos Não Transmissíveis, da SES, Gerlane Carvalho.

Dos 65 municípios da I Macrorregião de Saúde, 27 possuem o Programa Nacional de Controle do Tabagismo na Atenção Básica e Especializada, de acordo com o último preenchimento do FormSus/ Ministério da Saúde, em novembro de 2016.

“Vale salientar que o referido Programa consiste na abordagem cognitivo-comportamental, podendo ser associado ao apoio medicamentoso quando se fizer necessário”, disse.

Gerlane lembrou também que, para alguns pacientes, é necessário o uso de remédio. Nestes casos, o usuário passa por uma avaliação médica. Para aquele que tem um grau de dependência muito alta, geralmente, o médico associa ao acompanhamento das sessões terapêuticas, o tratamento com medicamentos.

De acordo com a programação, serão realizadas três palestras: “Programa Nacional de Controle do Tabagismo na Atenção Básica”, com Morgana Brito, da Atenção Básica da SES; “Deixando de fumar sem mistério/ Programa Nacional de Controle do Tabagismo”, com a psicóloga Maria da Guia Costa e “Tratamento medicamentoso”, com o pneumologista Sebastião Costa.

Secom

Recomendado para você pelo google

EM CAJAZEIRAS

VÍDEO: Ciro diz que Ricardo ‘prejudicou-se na sucessão’, mas elogia Azevêdo: “Seria uma honra no PDT”

PREOCUPADO

VÍDEO: Na Semana dos Pobres, bispo de Cajazeiras diz que “pobreza se avoluma cada vez mais nas cidades”

A OBRA PAROU?

Ex-vereador denuncia que terminal rodoviário de Sousa está abandonado: “Prefeito Tyrone não está nem aí”

PROJETO DE LEI

VÍDEO: Comentarista diz que críticas ao leilão de imóveis da Prefeitura de Cajazeiras é ‘politicagem’