header top bar

section content

Comer batata frita pode duplicar risco de morte, diz estudo

Gosta de batata-frita? Então é melhor se cuidar

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

12/06/2017 às 16h47

O alimento é um dos preferidos em todo o mundo

Já se sabe que a batata frita não é um alimento saudável, mas o recente estudo aponta que este alimento pode aumentar o risco de morte.

O estudo publicado no American Journal of Nutrition examinou o consumo de batata frita de 4,4 mil homens e mulheres entre os 45 e os 79 anos. No final do estudo, 236 participantes haviam falecido.

De acordo com a edição norte-americana da revista Men’s Health, os pesquisadores descobriram que as pessoas que comiam batata frita com frequência (pelo menos duas vezes por semana) tinham pelo menos o dobro do risco de morrer.

Apesar de terem encontrado esta conexão, os cientistas não analisaram as reais causas para o problema. Ainda assim, reduzir o consumo de batata frita é uma boa decisão para sua saúde.

Notícias ao Minuto

Recomendado para você pelo google

SONHO REALIZADO

VÍDEO/FOTOS: Prefeitura de Cajazeiras realiza sorteio de 300 apartamentos e evento é marcado pela emoção

MUITA ÁGUA!

A MAIOR DA HISTÓRIA: ruas e avenidas em Sousa viram rios após fortes chuvas durante a madrugada. Veja!

SERTÃO EM DESTAQUE

VÍDEO: Com cajazeirense na vice-presidência, Paulo Maia toma posse para comandar OAB Paraíba até 2021

MODELOS DE SUCESSO

VÍDEO: Empresários do Pará interessados em implantar TV A CABO visitam Netline e TV Diário do Sertão