header top bar

section content

VÍDEO: Secretário executivo de Saúde da PB esclarece dúvidas sobre o intervalo entre as doses da vacina

O médico informa que um intervalo maior entre as doses pode ajudar a aproduzir uma defesa mais eficiente no sistema imunlógico

Por Jocivan Pinheiro

15/04/2021 às 16h28 • atualizado em 15/04/2021 às 16h31

No programa Olho Vivo da TV Diário do Sertão, o secretário executivo de Saúde da Paraíba, Daniel Beltrammi, esclareceu dúvidas a respeito do intervalo entre a primeira e a segunda dose das vacinas contra o coronavírus.

O médico informa que um intervalo maior entre as doses pode ajudar a aproduzir uma defesa mais eficiente no sistema imunlógico.

VEJA TAMBÉM: João Azevêdo solicita vacinação dos professores e aguarda reposta do Ministério da Saúde

Segundo as pesquisas recentes, é ideal que o intervalo entre as doses da CoronaVac seja de pelo menos 28 dias e o intervalo entre as doses da vacina da Oxford seja de 90 dias.

Daniel Beltrammi tranquiliza a população ao garantir que se passar além do intervalo recomendado entre as doses, não há perigo da vacina perder efeito.

“O que pode ameaçar esse efeito é não fazer a segunda dose em momento nenhum. Então, não se preocupe. Passar um pouco do prazo não altera a capacidade das vacinas produzirem a proteção que esperamos delas”.

PORTAL DIÁRIO

Tags:
FOME NÃO ESPERA

VÍDEO: API adere campanha Sertão Solidário e ajuda radialistas das regiões de Cajazeiras, Sousa e Pombal

EM CAJAZEIRAS

VÍDEO: Passando fome com os filhos, mulher implora por ajuda e revela ter recebido cesta básica de Zé Aldemir durante campanha eleitoral

POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL

VÍDEO: Inspetora diz que clonagens de carros têm sido constante na PB e alerta sobre compra de seminovos

SOFRIMENTO TODO DIA

VÍDEO: “Aqui tem cobra e insetos”, diz moradora de bairro em Sousa que sofre com lixão na frente de casa

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!