header top bar

section content

Gerente do BB de Cajazeiras lamentou ação do Procon e disse que vai recorrer da decisão

Luiz Cláudio disse que atuação do Órgão prejudica a população.

Por

15/03/2011 às 19h06

O gerente geral do Banco do Brasil de Cajazeiras, Luiz Cláudio disse nesta terça-feira (15), que recebeu com surpresa a interdição da agência, pois há oito meses que ele atua na cidade ainda não tinha recebido nenhuma visita do Órgão com medidas punitivas.

Luiz Cláudio justificou a demora nas filas do banco com o grande volume de clientes que são agregados a agência, pois o BB de Cajazeiras atende clientes de várias regiões.

Ele informou que o Setor Jurídico da instituição financeira vai recorrer da decisão e tentar reabrir a agência para diminuir os prejuízos causados aos clientes do banco.

De acordo com o gerente, as pessoas que tem qualquer assunto para resolver no banco devem procurar as agências mais próximas, como: São José de Piranhas, São João do Rio do Peixe, Sousa e Uiraúna.

O bancário informou que solicitou do Procon, no ato da interdição, que os caixas de auto-atendimento fossem liberados para os consumidores, porém não foi permitido.

“Eu realmente lamento, porque essa atitude prejudica sobre maneira a população”, disse Luiz Cláudio

DIÁRIO DO SERTÃO
 

Tags:

Recomendado para você pelo google

EM CAJAZEIRAS

VÍDEO: Ciro diz que Ricardo ‘prejudicou-se na sucessão’, mas elogia Azevêdo: “Seria uma honra no PDT”

PREOCUPADO

VÍDEO: Na Semana dos Pobres, bispo de Cajazeiras diz que “pobreza se avoluma cada vez mais nas cidades”

A OBRA PAROU?

Ex-vereador denuncia que terminal rodoviário de Sousa está abandonado: “Prefeito Tyrone não está nem aí”

PROJETO DE LEI

VÍDEO: Comentarista diz que críticas ao leilão de imóveis da Prefeitura de Cajazeiras é ‘politicagem’