header top bar

section content

DESCRÉDITO: presidente do sindicato declara que não acredita na chefe do procon da PB

Após morte do idoso na fila do banco, Nelson Soares afirmou que não acredita na secretária executiva do Procon, Klébia Ludgério.

Por

04/03/2011 às 19h35

A morte do aposentado Aldenor Monteiro dos Santos, 68 anos que faleceu nessa terça-feira (1º) quando aguardava atendimento na fila do Banco do Brasil, agência de Cajazeiras repercutiu e ainda repercute na imprensa da Paraíba.

O presidente do Sindicato dos Bancários de Cajazeiras, Nelson Soares, declarou esta semana que o procon não serve para nada, é apenas um cabide de emprego e nesta sexta-feira (04), ele pegou pesado e declarou que não acredita no discurso da nova secretária executiva do Órgão, a defensora pública Klébia Ludgério.

“Recentemente, a diretoria do Procon esteve em Cajazeiras com um discurso de mudança, que eu não acredito”, detonou Nelson

Ele cobrou ações do Procon da Paraíba, para encontrar solução urgente para as dificuldades do núcleo de Cajazeiras, pois não se admite que idosos continuem morrendo em fila de banco e ninguém toma providências.

“Se você quiser ver o pessoal do procon de João Pessoa aqui na nossa cidade, chame para receber comenda e título de cidadão, porque para defender o pequeno é difícil”, disparou o presidente.

Klébia Ludgério visitou a cidade de Cajazeiras no mês de fevereiro e prometeu solução para os problemas do núcleo, mas segundo Nelson, não passou de discurso bonito e nada de ação.

Veja o vídeo:

DIÁRIO DO SERTÃO
 

Tags:

Recomendado para você pelo google

QUE VENHA!

VÍDEO! Profeta da chuva revela a previsão para o inverno no Sertão da Paraíba: “Serão 9 meses de chuva”

POLÊMICA

VÍDEO: Vereador cobra a convocação do concurso de Cajazeiras: ‘Era de urgência e o prefeito não convoca’

VÍDEO

Deputado cajazeirense abre o jogo e revela com quem fica após o racha no PSB da Paraíba

EDUCAÇÃO

VÍDEO: Xeque Mate fala sobre tradicional colégio de Cajazeiras e recebe diretora, professoras e alunas