header top bar

section content

ASSISTA: Jornalista pede demissão ao vivo após ser censurado por Bolsonaro

Candidato do PSL disse que só falaria se os jornalistas da bancada permanecessem em silêncio

Por Pragmatismo Político

23/10/2018 às 15h16 • atualizado em 23/10/2018 às 15h31

O jornalista Juremir Machado da Silva pediu demissão ao vivo após ser impedido de fazer perguntas ao candidato Jair Bolsonaro (PSL) durante entrevista à Rádio Guaíba. O episódio ocorreu no programa Bom Dia com Rogério Mendelski.

Bolsonaro disse que só falaria com o apresentador e exigiu que todos os demais jornalistas da bancada permanecesse em silêncio. Se não fosse assim, não daria a entrevista. “O silêncio de vocês foi uma condição do candidato”, admitiu o apresentador Mendelski após a entrevista.

“Nós poderíamos dizer que o candidato nos censurou?”, questionou o jornalista Juremir Machado da Silva. O apresentador rebate, dizendo que não houve censura.

“Eu achei humilhante e, por isso, estou saindo do programa. Foi um prazer trabalhar aqui por 10 anos”, desabafou Juremir, que logo após deixou o estúdio.

VEJA MAISLíder católico de Cajazeiras grava vídeo fazendo apelo para não votarem em Bolsonaro

Jornalista Juremir Machado da Silva

Na última semana, Fernando Haddad foi entrevistado pela mesma rádio. O candidato não fez nenhuma exigência e respondeu a perguntas de todos os integrantes da bancada. A Rádio Guaíba pertence à Rede Record, do bispo Edir Macedo, apoiador de Bolsonaro.

No dia 13 de outubro, o site de notícias Intercept Brasil publicou o relato de um funcionário do portal R7, também de propriedade de Edir Macedo, que denuncia censura e direcionamento na cobertura das eleições para publicar apenas notícias que favoreçam o candidato do PSL. Desde então, o Intercept afirma que o império midiático do religioso tenta intimidar jornalistas do site.

Fonte: Pragmatismo Político - https://www.pragmatismopolitico.com.br/2018/10/jornalista-pede-demissao-ao-vivo-censura-bolsonaro.html

MUITO ESTRAGO

VÍDEOS: Chuva com vendaval causa destruição de prédios em Cajazeiras e Sousa e assusta moradores

DE 22 A 27 DE JANEIRO

VÍDEO: Teatro Ica completa 34 anos em Cajazeiras com extensa e diversificada programação cultural

DE 2017 PARA ESTE ANO

VÍDEO: São José de Piranhas tem aumento alarmante de homicídios em 2018; confira balanço da PM na região

VIXE!

VÍDEO: Vidente detalha futuro da imprensa de Cajazeiras e prevê mortes: “Não chega às festas juninas”