header top bar

section content

VÍDEO: em Sousa, família faz campanha para comprar medicação de R$ 12 milhões e salvar vida de bebê

Heitor é portador de uma doença degenerativa rara chamada AME (Atrofia Muscular Espinhal) e luta todos os dias para sobreviver

Por Campelo Sousa

06/09/2020 às 10h45 • atualizado em 06/09/2020 às 11h09

A família do pequeno Heitor Moreira Melo, de apenas quatro meses, está mobilizando uma campanha para comprar medicamentos para a criança, que é da cidade de Sousa, Sertão da Paraíba, e foi diagnosticada com uma doença degenerativa rara chamada AME (Atrofia Muscular Espinhal).

Desde que nasceu, Heitor luta para sobreviver. O parto foi prematuro no dia 08 de maio deste ano e ele ficou 21 dias internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas logo depois foi confirmado que ele era portador da doença AME.

AME
A Atrofia Muscular Espinhal é uma doença rara, degenerativa, que interfere na capacidade do corpo de produzir uma proteína essencial para a sobrevivência dos neurônios motores, responsáveis pelos gestos voluntários vitais simples do corpo, como respirar, engolir e se mover.

Pequeno Heitor precisa realizar tratamento que custa milhões (foto: reprodução/Instagram)

O tratamento é caríssimo, a meta da Vakinha Online é conseguir R$ 12 milhões e até o momento foram arrecadados mais de R$ 65 mil.

Heitor é filho do casal sousense Hugo Moreira e Carlla Mello e os pais estão pedindo a colaboração para que as pessoas doem o que puderam para aos poucos conseguirem o dinheiro e comprar a medicação que salvará a vida de Heitor.

Família faz campanha para salvar a vida de Heitor

Contato
Para entrar em contato com os pais por telefone, os números são: 83991070349 ou 83996637560.

VEJA ABAIXO AS CONTAS BANCÁRIAS PARA REALIZAÇÃO DAS DOAÇÕES:

Contas bancárias para ajudar Heitor

DIÁRIO DO SERTÃO

DESABAFO

VÍDEO: Bispo critica auxílios para políticos e faz alerta sobre eleições: “Já sabemos quem não presta”

"NÃO VÃO NOS CALAR"

VÍDEO: Em ato público, coletivo de mulheres cobra justiça no caso Pâmella Bessa em Poço de José de Moura

SETEMBRO AMARELO

VÍDEO: Sociólogo diz que 9 em cada 10 suicídios podem ser evitados com ajuda profissional ou conversa

QUEBROU O SILÊNCIO

VÍDEO: Conselheiro lança chapa e fala pela primeira vez sobre rompimento com presidenta do COREN-PB

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!