header top bar

section content

Para o líder da oposição em Cajazeiras, proibição de bebida no carnaval fere direito constitucional

Faltando três dias para o carnaval, aliados do prefeito e grupos da oposição continuam discutindo sobre detalhes da festa

Por Jocivan Pinheiro

22/02/2017 às 23h36 • atualizado em 23/02/2017 às 09h38

Faltando apenas três dias para a abertura do carnaval de Cajazeiras, aliados do prefeito e grupos ligados à oposição continuam discutindo sobre detalhes administrativos da festa. Na Câmara Municipal, a bancada da oposição questiona a gratuidade do carnaval anunciada pela Prefeitura.

Alguns parlamentares criticam dois pontos: o fato de os foliões não poderem entrar no corredor da folia levando bebida que foi comprada fora, e a cobrança de taxa para os barraqueiros.

“Essa proibição fere gravemente o direito do cidadão de ir e vir e o livre direito de consumir  o que seja da vontade dele. Então, a gente vê que é uma forma casada. O que mais me entristece nessa questão é porque se fosse liberado, o consumidor teria a opção de determinar seu próprio consumo”, declarou o vereador Roselanio Lopes (PTB), líder da oposição na Câmara.

VEJA MAIS: Na Câmara, líder do prefeito garante que carnaval de Cajazeiras é gratuito; oposição nega

Vereador Roselanio Lopes (PTB), líder da oposição na Câmara

Já o grupo da situação reforça o discurso de que o carnaval é, sim, gratuito. Entretanto, o secretário de Articulação Política do município, José Anchieta, explica que a proibição da entrada de bebida comprada fora do corredor da folia, bem como a cobrança de taxa para os comerciantes instalarem barracas no local estão dentro do acordo de exploração do espaço público, durante o carnaval, com a empresa que venceu a licitação para realizar a festa.

“Nós estamos tranquilos de que o compromisso do prefeito José Aldemir está sendo mantido, de resgatar o carnaval público, gratuito, no Centro da cidade. Tudo isso está sendo  feito de forma muito clara, transparente. Nós consideramos injusta qualquer crítica a esse respeito porque o importante está sendo a entrada gratuita para todos os foliões”, ressalta Anchieta.

José Anchieta, secretário de Articulação Política do município

DIÁRIO DO SERTÃO

PROCESSO DE MIGRAÇÃO

Diretor regional na Paraíba tira todas as dúvidas sobre abertura de novas contas dos servidores estaduais no Bradesco

MENSAGEM DE ESPERANÇA

Programa Mensagem de Esperança com Sara Sheyla e Nelson Dantas

A FAVOR DA REFORMA

Empresário diz que Justiça do Trabalho só penalizava os patrões e chama a CLT de ‘excrescência jurídica’

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview