header top bar

section content

Jovem assassinado em Cajazeiras tentou correr para casa e morreu há 50 metros

O Samu foi acionado, mas João Paulo estava em óbito. A Polícia Militar esteve no local e acionou o a perícia científica.

Por Luzia de Sousa

11/12/2016 às 08h54 • atualizado em 11/12/2016 às 13h59

Mais um homicídio foi registrado na cidade de Cajazeiras. O fato ocorreu por volta das 3h30min da madrugada deste domingo (11), no Bairro Ronaldo Cunha Lima, Zona Norte da cidade.

A vítima foi identificada por João Paulo Feitosa, 20 anos. O jovem estava em casa quando teria sido convidado para sair por uma pessoa que não foi identificado pela polícia.

Jovem foi assassinado em Cajazeiras

Jovem foi assassinado em Cajazeiras

Algum tempo depois, populares ouviram um tiro, e ao saírem já encontraram o jovem caído ao solo. O Samu foi acionado, mas João Paulo estava em óbito. A Polícia Militar esteve no local e acionou o a perícia científica. O corpo do cajazeirense foi encaminhado ao IML de Patos.

O Capitão Bruno Silva da Polícia Militar, disse em entrevista ao repórter Ângelo Lima que a motivação e a autoria ainda são desconhecidas.

Bruno Silva acrescentou que a vítima, possivelmente teria envolvimento com drogas. “A gente está trabalhando nessa linha”, disse o policial.

De acordo com o Capitão, a arma usada no crime pode ter sido uma escopeta calibre 12 ou alguma arma de fabricação caseira. Bruno Silva informou que a vítima ainda correu após ser atingido e caiu cerca de 50 metros da sua residência.

João Paulo havia sido internado em uma clínica de recuperação para uso de entorpecentes.

.

DIÁRIO DO SERTÃO

MERCADO NEGRO

EXCLUSIVO: Padre denuncia que Cajazeiras está repleta de ‘locadoras de armas’: “A polícia sabe” – VÍDEO!

PARABÉNS

VÍDEO: Veja a mais nova música que homenageia a cidade de Cajazeiras nos seus 154 anos de emancipação

AO VIVO

Assista ao Debate de Cajazeiras completo; vários temas foram levantados para melhorar a cidade

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor